Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Jesus queria que Bas Dost tivesse batido primeiro penálti: "Há um objetivo individual"

Logótipo de O Jogo O Jogo 30/04/2017 Alcides Freire
© Fornecido por O jogo

O treinador do Sporting, Jorge Jesus, abordou a vitória no terreno do Braga, em jogo da 31ª jornada da I Liga.

Vitória em Braga: "Os meus jogadores querem sempre dar a vitória a mim e a eles. Era uma grande injustiça se o Sporting não saísse daqui vencedor. Fomos para o intervalo a perder por 1-0, com uma qualidade fantástica. O Braga só teve uma oportunidade na primeira parte. A equipa está a crescer de jogo para jogo. É verdade que defensivamente é preciso mais, mas os golos vão aparecer naturalmente."

Chegada de Abel ao comando técnico do Braga: "O Abel entrou esta semana e ainda não houve muita coisa dele. De certeza que ele vai estar à altura deste clube. Este clube tem uma estrutura, com adeptos, para ser uma equipa a lutar pelo título. Sou testemunha disso, derivado ao grande presidente que o Braga tem, que se chama António Salvador".

Luta de Bas Dost pelo título de melhor marcador: "Ainda bem que o Bas [Dost] fez o hat-trick, tem mentalidade de campeão, há imagem do futuro que quero para o Sporting. Eu queria que o Bas Dost marcasse o [primeiro] penálti, porque ele marca bem e porque a equipa corre atrás de um objetivo individual. Quis ajudar o Bas Dost a ser o melhor marcador. Pode não ser na Europa, mas ficar em segundo já é uma posição de prestígio".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon