Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Jesus revela o que é preciso para o Sporting lutar pelo título

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/05/2017 Rui Trombinhas

Treinador do Sporting falou à televisão do clube no final do jogo com o Chaves, que encerrou a época, e apontou já a 2017/18

Atitude da equipa: "Equipas que perdem os objetivos, queira-se ou não, perdem a alma e crença. Atitude há, mas perde-se a crença. Esse problema passa-se com todas as equipas que entram neste processo.

Futuro da equipa: "Temos de ir à procura do Sporting do primeiro ano. Foi um ano muito forte. Só não fomos campeões. Adeptos acreditaram que este ano seria mais fácil. Temos de nos preparar para a próxima época os nossos rivais lutam pelo título há muitos anos."

© Filipe Amorim

Estrutura: "O Sporting, para se equilibra,r tem de fazer um esforço muito grande. Tem estado a melhorar muito em termos de infraestruturas. Adeptos pensam que, para ser campeão, é só escolher um treinador e jogadores e está feito. Não chega. Tem de criar estruturas e uma cultura de quem não ganha há 18 anos. Não é de um ano para o outro. No primeiro ano ia sendo um milagre. Faltou pouco. Temos de ter capacidade financeira para podermos adquirir jogadores e estar ao nível dos nossos dois rivais."

Jogadores da Academia: "Academia será sempre o futuro do Sporting. Nenhum treinador pôs tantos jogadores da Academia a jogar como eu. Talvez o Paulo Bento. Mas não é só esse o caminho. A Academia não consegue criar uma equipa para ser campeão. Temos de fazer uma junção da qualidade dos jogadores da Academia, que andam a suportar isto, com jogadores de fora, de qualidade."

Bas Dost: "Fez um grande campeonato. Sporting foi contratar um jogador por 10 milhões, algo que para o Sporting era fora do normal. Conseguiu-se porque alavancamos o Sporting no primeiro ano com condições financeiras para acontecer isto. Mas perdemos muita coisa e isso refletiu-se na equipa. Espero que, no próximo ano, possamos ter capacidades financeiras para adquirir jogadores com patamar de qualidade."

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon