Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

João de Deus: A pressão vai "mudar o comportamento das equipas"

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/04/2017 Alcides Freire

A antevisão do treinador do Nacional antes do jogo de sábado com o Tondela

O treinador do Nacional, João de Deus, reconheceu esta sexta-feira "um cariz diferente" à deslocação de sábado ao reduto do Tondela, da 30.ª jornada da I Liga de futebol, porque às duas equipas estão obrigadas a vencer.

"É um jogo muito importante, isso está muito claro para nós, é também muito importante para o adversário, daí eu achar que este jogo não terá o mesmo cariz do anterior [derrota em casa com o Moreirense], porque o Tondela, tal como nós, terá de jogar para ganhar, e isso vai mudar o comportamento das equipas, porque ambas têm que ganhar e alguém acabará por vencer", afirmou João de Deus.

© Joana Sousa/Global Imagens

Nacional e Tondela ocupam os dois últimos lugares da tabela, com os mesmos 20 pontos, a quatro do Moreirense, primeira equipa acima da zona de despromoção.

"Não sei se o Tondela está mais motivado do que nós, sei que venceu o seu último jogo e nós perdemos, assim como nós vencemos o penúltimo e eles perderam. No sábado saberemos como estaremos, acreditando que bem, porque acreditamos no processo implementado na equipa e nas nossas ideias. Este é um processo de crescimento, onde tentamos aproveitar tudo o que foi assimilado e a cada semana vamos corrigindo o que está menos bem", observou.

Para João de Deus, esta foi uma semana igual à posterior à derrota com o Vitória de Guimarães, em que também perdeu em casa, pois "trabalha-se e treina-se com menos alegria".

"No entanto, não podemos andar a toque do estado de espírito, porque isso não existe, temos de trabalhar sempre e bem", declarou o treinador da equipa madeirense.

João de Deus assumiu que não gostou da segunda parte do jogo com o Moreirense (derrota por 1-0), porque a sua equipa apresentou "um défice muito grande na finalização, foi claro e inequívoco".

O Nacional, 17.º classificado, com 20 pontos, visita no sábado o Tondela, 18.º com o mesmo número de pontos, em jogo da 30.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol que será arbitrado por Tiago Martins, da associação de Lisboa.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon