Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

João Tralhão: "Aqui não acreditamos em maldições"

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/04/2017 Hugo M. Monteiro

Treinador do Benfica garante não acreditar na maldição de Bela Guttmann, apesar da derrota frente ao Salzburgo na final da Youth League

© Filipe Amorim / Global Imagens

Maldição de Bela Guttman e mensagem aos adeptos: "Em primeiro lugar, o importante é reforçar o trajeto que foi preciso fazer para chegar à final. A competição está com um nível elevadíssimo, conseguimos enfrentar grandes adversários e superá-los. Hoje não conseguimos. Trabalhámos para outro resultado, mas aqui não acreditamos em maldições".

Aprendizagem: "Acreditar sempre. O talento não chega, chega assim jogadores talentosos com capacidade de trabalho e sofrimento. Falamos anteriormente que temos um percurso marcado por jogos fora, em condições adversas e conseguimos sempre superá-los. O Salzburgo foi mais forte em alguns momentos e conseguiu ganhar a final, parabéns para eles".

Presença de Luís Filipe Vieira e Rui Vitória em Nyon: "Somos uma família, estamos juntos em todos os momentos. Sabíamos que a presença deles seria fundamental para os nossos jovens, que tiveram um boost diferente. Hoje fomos uma família mas não conseguimos a final".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon