Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Joana Ramos e João Crisóstomo nonos, Oleinic caiu ao primeiro nos Mundiais de Judo

Logótipo de LusaLusa 29/08/2017 Rita Moura
JOÃO RELVAS/LUSA © LUSA / JOÃO RELVAS JOÃO RELVAS/LUSA

Budapeste, 29 ago (Lusa) – Joana Ramos (-52 kg) foi hoje nona classificada nos Mundiais de Judo, em Budapeste, competição em que Sergiu Oleinic, o único português cabeça de série, foi eliminada ao primeiro combate.

A judoca do Sporting, com grande experiência nos ‘tatamis’, 24.ª do mundo, vice-campeã europeia em 2011 e bronze este ano, em Varsóvia, começou por vencer a britânica Kelly Edwards (31.ª), por ippon.

No segundo combate, a judoca teve um enorme desgaste, diante de Xing Wang (35.ª), ao vencer apenas no ‘ponto de ouro’, por ‘waza-ari’, quando estavam decorridos 6.47 minutos de combate, com várias interrupções devido a sangue na cara da chinesa.

Foi ao terceiro combate, diante de Amandine Buchard, que Joana Ramos cedeu, com uma desvantagem de ‘waza-ari’ a um minuto do final de combate. A francesa aparecia no 129.º posto do ‘ranking’, mas esta época tinha subido a pódios em Grande Prémios e no Grand Slam de Ecaterimburgo.

Tal como Joana, também João Crisóstomo chegou ao terceiro combate, nos -66 kg, com o atleta português a terminar a sua participação nos Mundiais com duas vitórias e uma derrota, no nono lugar.

O judoca (152.º), de 23 anos, pouco habituado a grandes competições, esteve em bom plano: venceu o lituano Kestutis Vitkauskas (241.º) no ‘ponto de ouro’, por ‘waza-ari’, e o mexicano Nabor Castillo (147.º), por ‘ippon’.

Na decisão para o combate aos quartos de final, Crisóstomo encontrou um dos melhores judocas mundiais nos -66 kg, o japonês Abe Hifume (quarto), recente vencedor dos Grand Slam de Paris, Tóquio e Tyumen, e perdeu por ‘ippon’.

Ao segundo dia destes Mundiais, Portugal contou ainda com Leandra Freitas (174.ª), também nos -52 kg, que começou bem ao vencer a neo-zelandesa Justine Bishop (34.ª), por ‘ippon’, mas foi derrotada a seguir pela nipónica Natsumi Tsunoda (16.ª), a 42 segundos do fim, com desistência na imobilização.

Sergiu Oleinic, que chegou a Budapeste como o único português com ‘ranking’ (12.º) para ser cabeça de série, acabou por ser a deceção do dia, ao perder logo na estreia, frente ao espanhol Alberto Martin Gaitero (34.ª), por waza-ari.

Na quarta-feira entram em competição Telma Monteiro, nos -57 kg, e Nuno Saraiva e Jorge Fernandes, nos -73 kg.

Telma, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos do Rio2016, é a única judoca portuguesa em prova com medalhas em Mundiais: quatro de prata, em Chelyabinsk2014k, Tóquio2010, Roterdão2009, Rio de Janeiro2007, e uma de bronze, no Cairo2005.

RPM // PFO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon