Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Joel Rocha quer Benfica competitivo e entusiasmante

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/08/2017 Rui Trombinhas
© Fornecido por O jogo

Equipa encarnada conta apenas com seis nomes que transitam da época anterior

O treinador de futsal do Benfica, Joel Rocha, mostrou-se, esta terça-feira, esperançoso na competitividade e no entusiasmo com que sua equipa vai atacar a nova temporada, enaltecendo a coragem do clube ao fazer alterações radicais no plantel. "Houve alterações, reformulações e uma mudança quase significativa naquilo que é a génese do plantel. Foram feitas alterações com critério, com qualidade e o Benfica entendeu que era momento de concretizar", começou por dizer Joel Rocha.

No discurso de apresentação do plantel das 'águias' para a nova época, que decorreu no Estádio da Luz, em Lisboa, o técnico não deixou de lamentar as saídas de vários atletas como Bebé, Elisandro, Ré, Alessandro Patias ou Jefferson.

"Acredito que perdemos algumas coisas boas, mas tenho a plena convicção de que ganhámos algo bom com estes atletas. Fizemo-lo com coragem, determinação e com aquilo que são os valores do clube. Temos a ambição de querer ser uma equipa competitiva e entusiasmante, que consiga contagiar aqueles que nos veem", declarou.

A caminho da quarta temporada no comando dos 'encarnados' e com apenas um título de campeão nacional conquistado, Joel Rocha vincou que irá "preparar a equipa com responsabilidade para vencer a Supertaça e para festejar em junho", depois de na época passada ter atingido as meias-finais do campeonato.

Contudo, o treinador do Benfica referiu que nem toda a época poderá ser risonha e que não há idade para integrar a equipa.

"Vamos iniciar um percurso para uma identidade muito forte e esse caminho queremos percorrê-lo juntos. Não sei se esse caminho vai ter curvas, mas se tiver haveremos de fazer juntos e chegar à reta que queremos. A idade não conta, enquanto houver competência, qualidade, superação e paixão", terminou.

Já o novo capitão do futsal sénior do Benfica André Coelho manifestou a sua felicidade por envergar a braçadeira das 'águias', sem esquecer o exemplo do seu antecessor, Gonçalo Alves.

"É um sentimento de muita emoção. Todos sabem que é o meu clube de coração, vestir esta camisola e a braçadeira é muito gratificante. Não vai ser fácil, também tive um excelente exemplo e só posso tentar segui-lo", recordou.

O plantel de futsal do Benfica para a nova época conta com 10 caras novas, entre eles André Coelho e Tiago Brito, que vieram do Sporting de Braga, Robinho, proveniente do Dínamo de Moscovo, Bruno Pinto, do Burinhosa, Deives Moraes, do Carlos Barbosa (Brasil), Raúl Paíno, do El Pozo Murcia, e os jovens André Correia, Afonso Jesus e Jacaré, que chegam dos juniores.

Apenas Chaginha, Fábio Cecílio, Bruno Coelho, Rafael Hemni, Miguel Castro e Cristiano Marques transitam da anterior equipa.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon