Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Jogadores solidários com o México após sismo que provocou pelo menos 248 mortos

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/09/2017 Hugo M. Monteiro

México foi abalado pelo seu mais mortal sismo desde 1985, com um balanço de pelo menos 248 mortos.

© EPA/JORGE DAN LOPEZ

Os jogadores do FC Porto utilizaram as redes sociais para deixar força aos mexicanos, depois de o país ter sido abalado pelo mais mortal sismo desde 1985, que provocou pelo menos 248 mortos.

Diego Reyes, Miguel Layún e Héctor Herrera, alguns dos jogadores mexicanos do plantel do FC Porto, deixaram mensagens de apoio ao país natal no Twitter, assim como meios de ajuda.

twitter910229162388008961

twitter910220194290835457

twitter910251387182768128

Também Iker Casillas deixou uma mensagem de força para o México, que já conta com mais de 38 mil "retweets".

twitter910246611565113344

Equipas de salvamento e voluntários vão procurando sobreviventes nos escombros dos edifícios de apartamentos e escolas que ruíram durante a noite, sendo que o terramoto de magnitude 7,1 de terça-feira ocorreu no 32.º aniversário do sismo que matou milhares de pessoas e chegou apenas duas horas depois dos simulacros de abalos realizados em todo o México para assinalar a data.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon