Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Jokanovic: "Foi humilhante, mas continuem a apoiar"

Logótipo de O Jogo O Jogo 08/03/2017 Hugo Monteiro
© Fábio Poço/Global Imagens

Treinador do Nacional, Predrag Jokanovic, pediu aos adeptos para voltarem a apoiar a equipa no jogo de domingo, em casa, contra o Paços de Ferreira.

O treinador do Nacional, Predrag Jokanovic, pediu aos adeptos para voltarem a apoiar a equipa no jogo de domingo, em casa, contra o Paços de Ferreira, da 25.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol. "Aproveito para chamar os nossos sócios para nos apoiarem mais uma vez. É verdade que o último jogo foi complicado para os sócios aguentarem, mas continuem a acreditar, a apoiar e ajudar no domingo, porque uma vitória pode mudar isto tudo", afirmou na conferência de imprensa.

O técnico sérvio falou sobre a goleada 'pesada' de 7-0 sofrida no Dragão, diante do FC Porto, garantindo que o grupo de trabalho já deixou o desaire para trás e que existe apenas um resultado em mente diante do próximo adversário.

"Foi humilhante, um golpe duro, tivemos um jogo muito mau, mas é passado e no próximo jogo, contra o Paços de Ferreira, não há margem para errar, porque todos os jogos são finais e só temos três hipóteses com o Paços: ganhar, ganhar ou ganhar", salientou.

A formação insular é o lanterna vermelha do campeonato, com 16 pontos, os mesmos que o Tondela, vivendo uma série de 11 jogos sem vencer.

A contestação tem subido de tom e Jokanovic concentra a responsabilidade em si próprio, defendendo os jogadores, que considera que "têm feito tudo" o que tem sido pedido ao longo das semanas.

"Eu dou a cara sempre e tenho que dar, porque eu sou o líder desta equipa, que quer inverter este ciclo negativo. Se alguém quer criticar, pode criticar-me, porque eu sou o responsável", comentou.

O treinador dos alvinegros aproveitou também para falar sobre Salvador Agra e Tiago Rodrigues, outrora titulares indiscutíveis, que não têm jogado recentemente, mas garantiu que têm dado o máximo nos treinos e que as oportunidades "vão aparecer".

O Nacional recebe o Paços de Ferreira no Estádio da Madeira, na Choupana, pelas 16h00 de domingo.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon