Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Jonas ultrapassou Magnusson e até teve direito a vénias

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/08/2017 Alcides Freire

Pistolas é o segundo melhor marcador estrangeiro do clube. Com o terceiro hat trick ao serviço dos encarnados, o avançado brasileiro passou a totalizar 90 golos e só é superado por Cardozo, líder destacado com 172 remates certeiros

© MÁRIO CRUZ

Com uma exibição memorável, Jonas deixou os adeptos rendidos e até teve direito a vénias, após o chapéu do meio campo aos 42" que acertou nos ferros da baliza do Belenenses. "A bola podia ter entrado e fiquei triste. Matei no peito, vi o guarda-redes adiantado, arrisquei e foi uma pena, porque teria sido o golo mais bonito da minha carreira", disse Jonas.

O Pistolas fez o terceiro hat trick pelos encarnados - os anteriores tinham acontecido diante do Covilhã, em outubro de 2014, e Nacional, em janeiro de 2016 -, primeiro de sempre na Luz, e tornou-se o segundo jogador estrangeiro com mais golos pelas águias (90).

O brasileiro apenas é superado por Cardozo, ponta de lança paraguaio que representou o Benfica entre 2007 e 2014 e é líder destacado com 172 remates certeiros. Nas águias desde 2014, Jonas realçou o contributo dos companheiros de equipa: "Muitos dos últimos golos devem-se aos passes açucarados dos meus colegas. Hoje [ontem] foram o Pizzi e o Raúl [Jiménez]. O plantel tem muita qualidade e é difícil para o míster escolher o onze. Estou grato a todos."

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon