Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Jordan e a união de estrelas na NBA: "Há 28 equipas que serão lixo"

Logótipo de O Jogo O Jogo 13/10/2017 Hugo M. Monteiro
© Fornecido por O jogo

Michael Jordan abordou as movimentações nas equipas da NBA

Michael Jordan, um dos melhores basquetebolistas da história da NBA e dono dos Charlotte Hornets, comentou as movimentações nas equipas da NBA, criticando a união de estrelas da modalidade em algumas das formações da liga de basquetebol norte-americana.

"Creio que isto [a união de estrelas] vai ser prejudicial para a liga do ponto de vista competitivo. Haverá uma ou duas equipas grandes e outros 28 que serão lixo e que passarão por momentos difíceis para sobreviver no âmbito empresarial", atirou Michael Jordan, em declarações à revista Cigar Aficionado.

Na temporada passada, recorde-se, os Golden State Warriors garantiram o concurso de Kevin Durant e juntaram o extremo norte-americano a nomes como Stephen Curry, Klay Thompson, Draymond Green ou Andre Iguodala. Já neste defeso, os Cleveland Cavaliers asseguraram as contratações de Derrick Rose, Isaiah Thomas e Dwyane Wade.

Além das movimentações nos dois finalistas das últimas três temporadas, os Boston Celtics garantiram os ingressos de Kyrie Irving e Gordon Hayward, enquanto os Oklahoma City Thunder juntaram Paul George e Carmelo Anthony ao "MVP" da última fase regular, Russel Westbrook. Já os Houston Rockets formaram uma dupla onde pontificam James Harden e Chris Paul.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon