Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Jorge Jesus e os livros de filosofia que lhe "rebentavam a cabeça"

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/03/2017 Alcides Freire

Treinador do Sporting marcou presença no Colóquio Internacional Professor Manuel Sérgio.

Jorge Jesus marcou presença na Assembleia da República, esta terça-feira à tarde, para uma intervenção no Colóquio Internacional Professor Manuel Sérgio.

© Gerardo Santos/Global Imagens

O técnico do Sporting falou aos jornalistas presentes sobre a relação que desenvolveu com o especialista em futebol e motricidade humana ao longo dos anos, lembrando um episódio caricato, com livros de filosofia à mistura.

"Não fui aluno dele, mas quero deixar o meu obrigado ao Professor Manuel Sérgio. Obrigou-me a pensar e hoje sou melhor treinador também graças a ele. Lembro-me que costumava dar-me livros de filósofos para eu ler. Um dia virei-me para o Professor e disse para parar, porque tantos livros rebentavam-me a cabeça", contou Jorge Jesus, entre sorrisos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon