Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Jorge Jesus espera um excelente espetáculo diante do Dortmund

Logótipo de LusaLusa 17/10/2016 Carlos Manuel Pereira
MIGUEL A. LOPES/LUSA © EPA / MIGUEL A. LOPES MIGUEL A. LOPES/LUSA

Lisboa, 17 out (Lusa) - O treinador do Sporting, Jorge Jesus, disse hoje esperar por um excelente espetáculo de futebol esta terça-feira diante do Borussia Dormund, em que o triunfo será bom para o Sporting e para o 'ranking' português na UEFA.

Em conferência de imprensa de antevisão ao encontro da terceira jornada do grupo F da Liga dos Campeões, Jorge Jesus reconheceu a capacidade tática do adversário, que considerou muito idêntica à do Sporting.

"Estamos completamente confiantes. É um resultado imprevisível em função de duas boas equipas, com uma ideia de jogo muito parecida. Tudo se conjuga para um excelente espetáculo. Espero que o Sporting seja melhor que o Borussia Dortmund. Neste terceiro jogo temos de pontuar, por causa do 'ranking' de Portugal na UEFA. Se for dois em um, amanhã com a nossa vitória, então melhor", afirmou.

Para Jorge Jesus, o facto de os alemães terem nove jogadores lesionados, nos quais se inclui o campeão europeu português Raphael Guerreiro, não traz vantagem para o Sporting, até porque realça o perigoso ataque dos alemães com 28 golos marcados esta temporada em 11 jogos (todas as competições).

"Essa questão pode colocar-se em relação à defesa do Dortmund, mas não em relação ao ataque. Esta época os avançados do Borussia Dortmund têm sido revelações, como Aubameyang e Dembélé, que é um jogador acima da média. As grandes equipas não têm só 11 jogadores, têm um plantel com muito valor. Vai ser um jogo difícil", considerou.

Uma ideia partilhada pelo avançado holandês Bas Dost, para quem ainda assim o surto de lesões germânicas tem contrapartidas positivas.

"É uma vantagem, mas o Borussia Dortmund tem bons jogadores para os substituir. Ainda que amanhã as coisas não corram da melhor forma, nem tudo está perdido. O objetivo é vencer todos os jogos em casa, seja diante de quem for", disse.

Frente aos alemães, Jorge Jesus ainda não tem a certeza se poderá contar com Rúben Semedo. Segundo o treinador, o defesa-central fará esta terça-feira de manhã o teste decisivo para avaliar se está ou não em condições de alinhar neste encontro da Liga dos Campeões.

Depois da derrota no jogo inaugural diante do Real Madrid e do triunfo frente aos polacos do Légia de Varsóvia, Jorge Jesus quer que o Sporting mantenha o mesmo índice competitivo, até porque a prioridade é conquistar os três pontos, mas a época não se resumirá aos 90 minutos desta terça-feira.

"Há outros objetivos para as duas equipas nesta fase de grupos. O Dortmund é um adversário com uma dinâmica ofensiva muito forte. Vai haver golos de ambas as equipas. Não tenho a certeza do resultado. Vamos fazer tudo para sermos os melhores e vencer o jogo. Quando se está na Liga dos Campeões, o mais importante é vencer. Mas não perdendo também não é mau. É muito importante não perder", realçou.

Neste encontro, Jorge Jesus cumprirá o segundo e último jogo de castigo após a expulsão que sofreu no encontro com o Real Madrid, na capital espanhola. O treinador diz que irá estar no estádio e que tem total confiança na equipa técnica.

"Todas as decisões estão programadas e trabalhadas. Aquilo que pode surpreender é uma decisão que um dos meus colaboradores vai ter de tomar. O resto está pensado coletivamente. Espero que seja o último jogo. Poderei ter alguma culpa no primeiro jogo e se estou fora é porque houve uma mãozinha de um delegado português que me prejudicou", rematou.

O Sporting, terceiro classificado do grupo F da Liga dos Campeões, com três pontos, defronta esta terça-feira, às 19:45, o Borussia Dortmund, que divide a liderança com o Real Madrid, com quatro, em jogo que se realiza no Estádio José Alvalade e que será arbitrado pelo esloveno Damir Skomina.

CYP/AYCO // VR

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon