Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Jorge Jesus quer Sporting ao nível da ‘Champions’ para vencer o Chaves

Logótipo de LusaLusa 21/10/2017 António Correia
JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA © LUSA / JOSÉ SENA GOULÃO JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Lisboa, 21 out (Lusa) - O treinador do Sporting salientou hoje que os ‘leões' precisam de manter o nível que apresentaram na Liga dos Campeões de futebol, frente à Juventus, para vencer o Desportivo de Chaves na nona jornada da I Liga.

Depois do desaire (2-1) a meio da semana, em Itália, Jorge Jesus, apesar de não ter gostado do golo sofrido nos últimos minutos da partida, deseja ver uma exibição idêntica, no domingo.

“O Sporting está bem e amanhã (domingo) tem de conseguir estar ao nível que tem jogado, como neste último jogo, em que foi elogiado pela imprensa pela qualidade de jogo que teve (frente à Juventus). Foi isso que pedi aos jogadores do Sporting, que fizessem o mesmo que fizemos em Turim", começou por admitir, em conferência em imprensa.

Na antevisão ao encontro diante dos flavienses, o técnico ‘leonino' suspeita que a formação orientada por Luís Castro vai tentar "aguentar o empate o máximo tempo que conseguir", porém elogiou o adversário que "procura ideias de jogo e é uma equipa positiva quando tem a posse de bola".

Ainda assim, Jorge Jesus aprofundou a sua opinião sobre o atual 12.º classificado e alertou para uma eventual surpresa.

"As equipas do Luís Castro são equipas que disputam os jogos com as equipas grandes palmo a palmo e para o fazer é preciso ter qualidade de trabalho. Estou ciente que o Chaves vai criar-nos grandes problemas”, disse.

Ainda sobre a ‘Champions", o treinador do clube de Alvalade comentou os elogios que o lateral Piccini recebeu depois da jornada europeia, bem como a substituição de Fábio Coentrão, que foi, supostamente, mal recebida pelo defesa.

"O Fábio, em todos os jogos comigo foi substituído. Os meus jogadores sabem que treinador têm. Amanhã (domingo), vai jogar. O Piccini fez um grande jogo para a imprensa desportiva Italiana, porque eles sabem olhar para o jogo taticamente e valorizar a tática. Tem jogado quase sempre a este nível. Vamos ver quando o campeonato acabar onde o Piccini vai estar", argumentou.

Por fim, Jorge Jesus reforçou a ideia de que a sua equipa está "confiante" e tem que "ganhar todos os encontros para andar sempre na frente".

No domingo, o Sporting, segundo classificado, com 20 pontos, recebe o Desportivo de Chaves, no Estádio José Alvalade, pelas 20:15, em jogo referente à nona jornada da I Liga, que será dirigida pelo árbitro portuense Rui Costa.

AYCO // PFO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon