Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Jorge Simão quer "muito ganhar" a um FC Porto "muito motivado"

Logótipo de LusaLusa 14/04/2017 Guilherme Soares
ANTÓNIO COTRIM/LUSA © LUSA / ANTÓNIO COTRIM ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Braga, 14 abr (Lusa) - O treinador do Sporting de Braga disse hoje querer "muito ganhar" ao FC Porto, no sábado, na 29.ª jornada da I Liga de futebol, mas espera "outro tipo de dificuldades" de um adversário motivado pela luta pelo título.

Jorge Simão antevê um FC Porto com Corona a jogar de início e a formar com Soares e Brahimi o trio de ataque, e, "pelo poderio e capacidade competitiva que revela", espera um adversário a colocar ao Braga "outro tipo de dificuldades" e a apelar mais à sua "capacidade de superação".

"Mas este é um jogo que queremos muito ganhar, porque temos os nossos objetivos para cumprir", disse na conferência de imprensa de antevisão da partida.

Notou que o FC Porto "é uma equipa que se encontra envolvida na discussão pelo título, que só perdeu um jogo no campeonato, que é a equipa menos batida e mais concretizadora e que, como disse o seu treinador, está muito motivada".

Apesar disso, Jorge Simão disse esperar um Braga "capaz de lutar pelos três pontos e a dar uma boa réplica ao FC Porto".

"Espero, principalmente, uma qualidade: consistência. Gostava de ver uma equipa mais consistente, que se sinta confortável a gerir todas as fases do jogo, porque não estou à espera de um FC Porto tão dominante como no 'Dragão', o ascendente será mais repartido", disse.

O técnico, que recusou avançar com as suas escolhas, porque quer "surpreender" o adversário, lamentou as lesões de jogadores "com muita influência na equipa", mas frisou que, por outro lado, elas têm permitido a criação de espaço para outros jovens, dando o exemplo de Artur Jorge, Gamboa ou Xadas.

"Temos mais tempo de trabalho, mais dias de preparação, mais serenidade, o que permite assentar ideias e tornarmo-nos mais consistentes", disse.

Esta semana, o presidente do Sporting de Braga, António Salvador, frisou que Jorge Simão tem mais um ano de contrato e que espera que seja cumprido, mas o técnico voltou a notar que "a vida de um treinador é feita de resultados".

"Tenho mais um ano de contrato, mas podia ter mais dez, que isso não é sinónimo que os cumpra obrigatoriamente, acontece em todo o lado e a todos os treinadores", disse.

O médio Gamboa foi titular na vitória em Santa Maria da Feira (1-0) e Jorge Simão considera que "teve um bom desempenho e dá consistência ao meio-campo", mas não garantiu a sua titularidade para sábado.

Rosic e Stojiljkovic ficaram de fora no jogo com o Feirense, mas Jorge Simão diz que foi pelas mesmas razões das ausências de Paulinho ou Martínez e que todas as suas decisões visam "dotar a equipa das melhores condições para ganhar os três pontos".

Sporting de Braga, quarto classificado com 50 pontos, e FC Porto, segundo com 67, defrontam-se às 20:30 de sábado, no Estádio Municipal de Braga, jogo que será arbitrado por Hugo Miguel, da Associação de Futebol de Lisboa.

GYS // VR

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon