Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Jorge Sousa foi o melhor árbitro da época 2016/17

Logótipo de LusaLusa 08/06/2017 Rita Moura
JOSÉ COELHO/LUSA © LUSA / JOSÉ COELHO JOSÉ COELHO/LUSA

Oeiras, Lisboa, 08 jun (Lusa) – Jorge Sousa, da associação do Porto, é o melhor árbitro de futebol de 2016/17, com o juiz a terminar à frente de Artur Soares Dias, que na anterior temporada foi o líder no ‘ranking’ da arbitragem.

Na lista divulgada pelo Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, João Mendes (20.º, 8,411), Tiago Antunes (21.º, 8,399), João Matos (22.º, 8,384) e Jorge Ferreira (23.º e último, 8,353) foram despromovidos à segunda categoria.

A avaliação dos árbitros é efetuada mediante as classificações obtidas nos jogos durante a época, com 2016/17 a distinguir Jorge Sousa (1.º, 8,607), seguido por Artur Soares Dias (2.º, 8,595), Carlos Xistra (3.º, 8,530), Bruno Paixão (4.º, 8,529) e Nuno Almeida (5.º, 8,522).

O árbitro da final da Taça de Portugal, entre Benfica e Vitória de Guimarães (2-1), naquele que foi o primeiro jogo oficial com vídeo-árbitro, Hugo Miguel, de Lisboa, terminou a época em sexto lugar (8,496).

Ainda em relação aos primeiros lugares, Jorge Sousa, que dirigiu 26 jogos, entre Liga (16), II Liga (8), Taça da Liga (1) e Taça de Portugal (1), esteve apenas num jogo entre ‘grandes’, na receção do Benfica ao Sporting, à 13.ª jornada.

Na ocasião, num jogo em que o tetracampeão Benfica venceu o Sporting, por 2-1, os dirigentes ‘leoninos’ queixaram-se muito da arbitragem de Jorge Sousa, considerando que o árbitro perdoou duas grandes penalidades ao Benfica.

No jogo da segunda volta, em Alvalade, entre os dois emblemas (1-1), esteve Artur Soares Dias, com a crítica a entender terem também ficado por assinalar grandes penalidades a favor das ‘águias’.

Artur Soares Dias realizou mais jogos que Jorge Sousa, lesionado em boa parte da época, com 32 jogos arbitrados, 18 dos quais na I Liga, entre eles o FC Porto-Benfica (1-1) e o Sporting-Benfica (1-1).

Na classificação divulgada pelo CA, João Capela, de Lisboa, terminou sem nota, por ter passado lesionado boa parte da época, em que até iniciou com a supertaça entre Benfica e Braga (3-0).

A próxima temporada trará novidades na arbitragem da I Liga, que estreará na prova o vídeo-árbitro, sistema já utilizado na Taça de Portugal masculina e feminina.

RPM // NF

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon