Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Jornal Marca destaca "mina de ouro" do Benfica

Logótipo de O Jogo O Jogo 02/06/2017 Alcides Freire
© Reprodução/Marca

O jornal espanhol fez um balanço das vendas do Benfica desde a temporada 2010/11

A recente transferência de Ederson para o Manchester City veio engordar a lista de vendas avultadas do Benfica nos últimos anos, e o jornal Marca aproveitou a deixa para fazer um apanhado das vendas do Benfica desde a temporada 2010/11.

O periódico espanhol destacou a "mina de ouro do Benfica", realçando os 617 milhões de euros que os encarnados receberam pelas vendas de jogadores desde 2010, valor que faz com que o Benfica seja a equipa que mais dinheiro encaixou durante os últimos sete anos, superando clubes como Chelsea (533 milhões de euros), Atlético Madrid (505 milhões de euros), FC Porto (478 ME) ou Juventus (457 ME).

A Marca recordou ainda algumas das vendas mais significativas, nomeando um onze de jogadores vendidos pelo clube da Luz, onde constam os nomes de Ederson, Oblak - o jornal escolheu os dois guarda-redes -, João Cancelo, David Luiz, Fábio Coentrão, Matic, Witsel, Renato Sanches, Di María, André Gomes, Gaitán e Rodrigo.

O jornal espanhol relembrou ainda que o Benfica poderá ainda vender Nélson Semedo e Lindelof neste defeso, aproveitando para elogiar a forma como Benfica se tem mantido competitivo, apesar dos vários jogadores que já teve de vender nos últimos anos, apontando a conquista de quatro títulos de campeão nacional, duas Taças de Portugal, cinco Taças da Liga, duas Supertaças e a chegada a duas finais da Liga Europa como exemplos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon