Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

José Couceiro: "A última imagem é a que fica"

Logótipo de O Jogo O Jogo 19/05/2017 Hugo Monteiro

José Couceiro, treinador do Vitória de Setúbal, espera terminar o campeonato com uma vitória.

© Gustavo Bom/Global Imagens

O treinador do Vitória de Setúbal disse que os sadinos tudo farão para se reencontrarem com os êxitos e terminarem a época na I Liga de futebol com uma vitória, após cinco derrotas consecutivas. Na conferência de imprensa de antevisão à visita de sábado ao Nacional, da 36.ª e última jornada, José Couceiro salientou a importância de a equipa reagir ao momento atual.

"Queremos encerrar este ciclo. Preparámos o jogo com a intenção de jogar bem, ser muito mais eficazes e ganharmos. Só fizemos um golo nos últimos [seis] jogos. É muito pouco. A última imagem é a que fica e vamos querer inverter essa situação", referiu.

O técnico do conjunto setubalense manifestou ainda preocupação em dar uma alegria aos vitorianos na despedida da prova. "Atingimos a permanência muito cedo. A última fase da época não é ilustrativa do muito de bom que a equipa fez. A última imagem é importante para a equipa, mas, nesta altura, é mais ainda para passar essa mensagem positiva aos nossos adeptos", disse.

Apesar da série negativa atual, José Couceiro elogia os seus jogadores, lembrando o facto de a equipa não ter nenhuma expulsão nas 33 jornadas disputadas no campeonato. "Já disse à equipa que tem muito mais qualidade do que os resultados que fizemos nos últimos jogos. A equipa continua a não ter expulsões e a ter equilíbrio emocional. É algo que queremos manter para reagir à adversidade", salientou.

O treinador considera que Nacional e Vitória de Setúbal têm objetivos semelhantes na partida que se joga na Madeira. "O adversário tem os mesmos objetivos que nós. Quer acabar a época a passar uma imagem diferente. Há condições para que seja um bom jogo e possamos jogar bem. As equipas têm bons jogadores. Não vai mexer muito com a classificação, mas está em jogo o orgulho de ambas as equipas e isso é o suficiente para o empenho de todos", vincou.

À exceção do defesa Gonçalo Duarte (lesionado) e do extremo Arnold (castigado), José Couceiro tem todo o plantel apto para o embate com o Nacional.

Nacional, 18.º e último classificado (já despromovido), com 23 pontos, e Vitória de Setúbal, 14.º, com 35, jogam no sábado, a partir das 16h00, no Estádio da Madeira, no Funchal, num encontro que será dirigido pelo árbitro Bruno Esteves, da Associação de Futebol de Setúbal.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon