Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

José Ricardo rende Carlos Lisboa no Benfica

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/06/2017 Alcides Freire
José Ricardo © PEDRO_ROCHA José Ricardo

Treinador que comandou a Oliveirense nas últimas duas épocas é o eleito para suceder a Carlos Lisboa

Mesmo com o sucesso da recente temporada, em que conquistou Liga, Taça de Portugal e Taça Hugo dos Santos, o Benfica prepara-se para entrar num novo ciclo, tendo escolhido José Ricardo para assumir o comando técnico e suceder a Carlos Lisboa, cuja saída foi ontem anunciada pelos encarnados. Lisboa, que chegou ao cargo em julho de 2011, deixa de ser o timoneiro "no âmbito de alterações na estrutura organizativa" e volta a ser diretor-geral das modalidades a tempo inteiro.

Em seis anos, o até agora treinador das águias conduziu a equipa à conquista de 22 títulos (cinco campeonatos, quatro Taças de Portugal, cinco Supertaças, quatro Taças Hugo dos Santos e quatro Troféus António Pratas), mas, apesar do elevado número de troféus, nunca foi um nome consensual para estar à frente da formação da Luz.

Quanto ao sucessor, José Ricardo, de 52 anos, conta já com larga experiência, tendo começado no Desportivo da Póvoa, que levou à conquista do título feminino em 1999/00. Depois das poveiras, esteve no Braga Bolacesto (futuro Sporting de Braga), seguindo-se uma longa passagem pelo Barcelos, entre 2005 e 2015. Com os galos, foi da antiga CNB1 até à Liga (2011/12), percurso durante o qual foi confirmando ser um dos melhores técnicos nacionais. Em 2015/16, após ter chegado a um histórico terceiro lugar com os minhotos e ter sido finalista da Taça, mudou-se para a Oliveirense, onde também teve desempenhos positivos, destacando-se duas presenças nas meias-finais do play-off. Em 2015, o reconhecimento chegou também com o convite para liderar a Seleção masculina de sub-18, com a qual vai estar nas próximas semanas a preparar o Europeu do escalão (Divisão B).

O JOGO sabe que a formalização do contrato ainda não aconteceu, mas deverá estar para breve, pois só com o novo técnico a construção do plantel avançará para nova fase.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon