Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

JPP defende Plano Estratégico para rede de água de regadio na Madeira

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/07/2017 Administrator

A Madeira precisa de um Plano Estratégico Integrado para a reparação da rede de água de rega, disse hoje o deputado do JPP Rafael Nunes no debate potestativo sobre a "gestão de água para regadio", requerido pelo seu partido.

"Continuamos a insistir na necessidade de criação de um Plano Estratégico Integrado para a reparação de toda a rede de abastecimento de água de rega onde seja possível garantir o binómio água-agricultura", referiu o deputado na Assembleia Legislativa da Madeira (ALM).

Segundo Rafael Nunes, o Plano deve garantir "a melhoria de vida dos agricultores e regantes" e as vantagens ao nível do turismo pela sua componente paisagística.

"Temos cada vez mais perdas de água nos canais de regadio", disse o deputado, acrescentando que a "crescente debilidade deste sistema e a consequente redução do caudal disponível para o regadio" têm sido responsáveis "pela perda de inúmeras culturas".

O deputado defendeu medidas de compensação aos agricultores e regantes "prejudicados pelo incumprimento do contrato de abastecimento de água de rega, por falhas no serviço cedido pela empresa Aguas e Resíduos da Madeira" ao terem pago por água de rega que "nunca chegaram a receber".

Rafael Nunes realçou, a propósito, que a "Madeira tem vindo a perder mais de 57% da população agrícola familiar, perdeu mais de 30% da superfície agrícola utilizada e cerca de 40% de superfície irrigável" e lembrou que a região "perdeu no último ano cerca de 3 mil agricultores".

Os partidos da oposição com assento na ALM defenderam, por seu lado, uma "maior e melhor" gestão da água de regadio; melhor distribuição; recuperação das redes e consequente redução das perdas de água de rega e maiores investimentos no setor, num debate que teve a presença da secretária regional do Ambiente e Recursos Naturais, Susana Prada.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon