Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Juiz suspende aplicação do decreto anti-imigração da administração Trump

Logótipo de O Jogo O Jogo 17/10/2017 Administrator

Um juiz federal do Havai suspendeu hoje a aplicação da mais recente versão do decreto anti-imigração do governo norte-americano de Donald Trump, pouca horas antes de entrar em vigor.

Esta decisão do magistrado Derrick Watson tem um alcance nacional e deve ser objeto de um apelo rápido pelo governo norte-americano, que pretende proibir permanentemente o cruzamento das fronteiras americanas para os nacionais de sete países.

As restrições da administração de Donald Trump afetavam cidadãos do Irão, Líbia, Chade, Coreia do Norte, Somália, Síria, Chade e Iémen, bem como alguns representantes do governo da Venezuela e seus familiares.

O Havai refere que a mais recente versão do decreto é uma continuação da promessa do presidente norte-americano "de excluir os muçulmanos dos Estados Unidos".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon