Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Justiça francesa abre investigação a jogadores de râguebi acusados de violação

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/04/2017 Cristina Aguiar
Loïck Jammes © Facebook Loïck Jammes

A justiça francesa anunciou a abertura de uma investigação formal a três jogadores da equipa de râguebi do Grenoble, acusados de terem violado uma mulher após um jogo disputado a 11 de março.

As autoridades judiciais consideraram ter encontrado "indícios graves, que parecem indicar a participação como autores ou cúmplices" do crime do irlandês Denis Coulson, do francês Loïck Jammes, ambos de 22 anos, e do neozelandês Rory Grice, de 27.

A abertura de uma investigação formal em França é, por norma, o primeiro passo para conduzir o processo a julgamento, ainda que nesta fase não seja seguro que o caso chegue a tribunal.

Os jogadores foram interrogados na terça-feira, depois de já terem prestado declarações a 22 e 23 de março, na sequência da queixa apresentada por uma mulher, de 21 anos, que alega ter sido violada depois de os ter conhecido os atletas num clube noturno, em Bordéus.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon