Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Kalaica reforça aposta de Rui Vitória

Logótipo de O Jogo O Jogo 22/05/2017 Hugo Monteiro
© Ivan del Val/Global Imagens

Figura no último respirar do Benfica na I Liga, já sabe que fará parte do principal lote de centrais do plantel em 2017/18

Protagonista de uma estreia com golo memorável pela equipa principal do Benfica, Kalaica alterou radicalmente o resultado com o cabeceamento certeiro ao minuto 90, transformando uma potencial derrota no reduto do Boavista - e consequente mancha na campanha do tetracampeão nacional - num empate que, aos encarnados, acabou por saber a triunfo. Corrigiu o desfecho do último desafio das águias na edição 2016/17 da I Liga, mas não mudou os planos que os gestores do futebol do clube e o treinador Rui Vitória têm para ele; pelo contrário, reforçou-os. O JOGO sabe que o croata, que completa 19 anos no dia 1 de junho, já recebeu a garantia de que na próxima temporada fará parte do leque de centrais do plantel, devendo a sua ascensão ser fortalecida pela transferência de Lindelof, que em janeiro esteve a um passo de ingressar no Manchester United.

"O treinador e os meus colegas passaram-me muita confiança antes da partida", confessou ontem Kalaica à Imprensa do seu país, estarrecido com a forma como arrancou no Benfica, na visita ao Estádio do Bessa, onde a equipa aproveitou a oportunidade para celebrar o tetra junto dos adeptos benfiquistas nortenhos. "Jogar de início, marcar um golo e sagrar-me campeão nacional... é um dia que vai ficar gravado para sempre na minha vida", enfatizou o defesa, internacional sub-19 pela Croácia.

Caçado há um ano pelo Benfica - estava em fim de contrato com o Dínamo Zagreb e assinou por seis anos pelas águias (até 2022) -, Kalaica entrou na Luz rotulado como "grande promessa de futuro", mas a primeira época em Portugal foi de aprendizagem, de adaptação geral e de trabalho físico para melhorar a estrutura muscular. Preparando-se com o plantel A desde o tiro de partida da pré-temporada, o camisola 16 assumiu o papel de quinto central, atrás de Luisão, Lindelof, Jardel e Lisandro. Todavia, com o propósito de acelerar a integração na nova realidade futebolística, adquirir ritmo e poder subir um degrau em 2017/18, o croata - que ainda era elegível para servir os juniores - foi utilizado em 15 partidas da equipa B. Em abril, consumado o apuramento dos sub-19, atuou na final-four da Youth League.

Prova de confiança na progressão e afirmação de Kalaica foi também dada pelo presidente em dezembro. Antes da abertura da janela de transferências de inverno, Luís Filipe Vieira recusou diversas ofertas de centrais para reforçar o Benfica, conforme O JOGO então noticiou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon