Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Kikin Fonseca: "Fernando Santos dá muitas armas e argumentos aos jogadores"

Logótipo de O Jogo O Jogo 13/06/2017 Ana Proença

Kikin Fonseca, antigo avançado mexicano que passou pelo Benfica, alertou os seus compatriotas para a qualidade do trabalho de Fernando Santos.

© LUÍS MANUEL NEVES/Global Imagens

Kikin Fonseca passou pelo Benfica em 2006/07, tendo sido na altura treinado por Fernando Santos no clube encarnado. A poucos dias de Portugal defrontar o México no arranque da Taça das Confederações, o ex-avançado mexicano, agora comentador televisivo no seu país, alertou para o trabalho feito pelo agora selecionador nacional.

"Surpreendeu-me muito a forma como analisa muito bem os adversários. Um dia antes do jogo mostrava-nos quadros onde exibia os movimentos, alguns vídeos e ainda apresentava as qualidades e debilidades dos adversários. É um estudioso. Conhece perfeitamente os adversários. Dá muitas armas e argumentos, porque ao conhecer os adversários tens muitos atributos para desenvolver o esquema e sistema que ele pretende. Podes anular o adversário e aproveitar os seus pontos fracos", declarou Kikin Fonseca, em declarações ao "El Diario".

"No aspeto tático é um treinador que gosta de equilíbrio. Não é um técnico que goste de ir para o ataque à maluca. Quando não tem a bola, gosta de resguardar-se e, depois, quando a tem, gosta de a manter. E depois surpreende o adversário com variantes pelas laterais, com jogadores rápidos, procurando o duelo individual, antes de sacar centros. Além disso, gosta de jogar com um nove, um avançado centro, como vimos quando pôs o Éder para resolver a final do Euro", acrescentou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon