Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Kluivert alvo de chantagens de máfia ligada ao ramo das apostas

Logótipo de O Jogo O Jogo 25/03/2017 Alcides Freire

O antigo futebolista terá sofrido pressões por parte de uma máfia ligada ao ramo das apostas, de acordo com a imprensa holandesa.

Patrick Kluivert, diretor desportivo do PSG e antigo futebolista holandês, foi pressionado por uma máfia ligada ao ramo das apostas, por alegadamente ter acumulado 1 milhão de euros em dívidas entre 2011 e 2012, segundo avança o jornal holandês De Volkskrant.

© Fornecido por O jogo

De acordo com a mesma publicação, as autoridades financeiras holandesas (FIOD) terão descoberto documentos comprometedores sobre Kluivert durante uma investigação sobre manipulação de resultados, que mostravam que o antigo futebolista teria apostado em jogos do Twente entre 2011 e 2012, numa altura em que era treinador da formação do clube.

No entanto, Kluivert já terá devolvido parte da dívida, mas a máfia terá tentado extorquir o diretor desportivo do PSG durante os últimos anos.

O advogado de Kluivert, Gerard Sprong, já veio reagir às notícias vindas a público, realçando que o antigo internacional holandês nunca esteve envolvido na manipulação de resultados e que este é "uma vítima" no caso.

Além disso, o próprio jornal De Volkskrant destaca que a justiça não tem qualquer prova do envolvimento de Kluivert em matéria de manipulação de resultados.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon