Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Lágrimas de Bartra no fim da Bundesliga

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/05/2017 Alcides Freire
© EPA/DAVID HECKER

Espanhol fez o primeiro jogo desde o atentado ao autocarro do Dortmund

O Borússia Dortmund-Werder Bremen teve um final, no mínimo, comovente. O encontro ficou marcado por duas reviravoltas no resultado, primeiro dos visitantes, depois dos locais (4-3), mas a imagem que está a correr o mundo é a de Marc Bartra a chorar após o apito final do árbitro.

O central, que saiu mal tratado do atentado realizado ao autocarro da equipa de Dortmund há cerca de um mês, antes de defrontar o Mónaco na Liga dos Campeões, não conteve a emoção pelo facto de hoje ter jogado pela primeira vez desde esse dia e acabou em lágrimas.

Bastante acarinhado pela famosa "Parede Amarela", o espanhol foi imediatamente apoiado por alguns companheiros, como Burki, Reus ou Sokratis. O português Rafael Guerreiro alinhou os 90 minutos no Borússia.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon