Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Laércio Morais: "Duas vitórias vão ajudar o União"

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/10/2017 Ireneu Ribeiro

O lateral esquerdo do União da Madeira acredita que a equipa insular vai superar o mau momento.

Apesar do mau momento que o União da Madeira atravessa na II Liga, com sete jogos consecutivos sem vencer e uma queda para lugares de despromoção, o lateral-esquerdo, Laércio Morais defendeu, em conferência de imprensa, que duas vitórias consecutivas alteram por completo o cenário negativo. "Sabemos que a II Liga é um campeonato muito equilibrado. Então hoje vemos a posição na tabela que é um pouco desconfortável, mas estamos a três pontos do nono e a cinco pontos do sexto classificado, então uma ou duas vitórias permitem um salto muito grande de jornada para jornada. Duas vitórias consecutivas já nos vão ajudar a subir de posição", começou por referir.

O lateral esquerdo de 24 anos diz mesmo que toda a equipa tem de saber gerir a fase menos profícua. "O momento em termos de resultados não é o que planeávamos, mas acredito que é necessário muita calma e tranquilidade nestes momentos difíceis. Não adianta nos desesperarmos, colocarmos o trabalho que vem sendo feito em causa porque estamos comprometidos com o trabalho, com o clube".

A parte mental é fundamental. "Psicologicamente, temos de estar preparados e sermos muito fortes para ultrapassar a má sequência de resultados."

© Fornecido por O jogo

Do trabalho de Paulo Alves que já abandonou a equipa e de José Viterbo, seu sucessor, deixa elogios. "São dois grandes treinadores, inteligentes e com um trabalho muito bom. O José Viterbo tem implementado a sua filosofia em termos táticos, movimentos ofensivos, mas coisas básicas que variam de personalidade. Mas não houve mudanças bruscas porque o trabalho era bom. Acredito que os maus resultados são uma questão de detalhe."

Laércio já jogou a lateral-esquerdo e a central, algo que considera normal. "Todos os treinadores que tive sabem que podem contar comigo tanto para central como a lateral-esquerdo. Para mim é muito tranquilo. Estarei à disposição do mister a qualquer momento que precisem".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon