Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Layún: "Não há tempo para fazermos luto por esta eliminatória"

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/03/2017 Alcides Freire

Layún considerou após o jogo com a Juventus de terça-feira, em que o FC Porto foi eliminado da Liga dos Campeões, que a equipa deixou uma boa imagem na Europa. Sobre o campeonato, "quem cometer menos erros" ganha.

A eliminação da Champions não afetará: "Uma derrota dói sempre, porque temos sempre a esperança e a vontade de ir avançando numa competição tão importante como a Liga dos Campeões, mas agora é preciso levantar a cabeça e reanimar-nos, porque não há tempo para fazermos luto por esta eliminatória. No domingo temos já um jogo muito importante para continuarmos a somar pontos no campeonato."

Boa imagem: "Desde que uma equipa lute, tente e não desista, vai sempre deixar uma boa imagem. E acho que foi isso que aconteceu".

O impacto da saída da Liga dos Campeões: "Não tem por que mudar absolutamente nada. Desde que começámos a Liga que o nosso objetivo e ganhá-la e a Liga dos Campeões é uma competição à parte. Temos de continuar focados no objetivo principal, não só por nós, mas também para os nossos adeptos.

O jogo com o Benfica já pesa na cabeça dos jogadores: "Na minha não. Na minha está o jogo com o Vitória de Setúbal, no domingo, e seria um erro grave pensar em coisas que ainda estão por acontecer. Temos é de preparar-nos para este jogo."

© Reuters / Giorgio Perottino Livepic

O que irá fazer a diferença: "Quem cometer menos erros; será essa a diferença. Estamos numa altura da competição em que qualquer erro pode custar muito. Por isso, tentaremos manter-nos na luta como fizemos até aqui"

Alternar várias vezes de flanco não aborrece: "Não. O que me encanta é estar no campo. Não me importo o sítio. Como sabem, joguei vários anos pelo lado esquerdo, mas também sei jogar perfeitamente pelo lado direito ou até no meio-campo. Por isso, estou tranquilo e a única coisa que procuro é somar minutos em cada jogo."

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon