Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Leonardo Jardim admite que apuramento é complicado na Liga dos Campeões

Logótipo de LusaLusa 17/10/2017 Nuno Ortega
SEBASTIEN NOGIER/EPA © EPA / SEBASTIEN NOGIER SEBASTIEN NOGIER/EPA

Mónaco, 17 out (Lusa) - O treinador do Mónaco, Leonardo Jardim, admitiu hoje que o apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões é complicado, depois de somar a segunda derrota em casa consecutiva no Grupo G.

“É muito difícil qualificar-nos a partir de agora. Mas restam metade dos pontos para distribuir. Há nove pontos em disputa e à frente estão equipas com três e quatro pontos”, afirmou o português, após a derrota com o Besiktas, por 2-1.

Após três jornadas, o Mónaco tem apenas um ponto, menos oito do que o Besiktas, três do que o Leipzig e dois do que o FC Porto.

“Foi uma noite difícil, porque perdemos um ponto importante em casa. A equipa tentou dar o máximo. Na primeira parte, tivemos falta de eficácia. O adversário hoje jogou mais simples e foi eficaz. O Besiktas jogou com mais maturidade e experiência”, disse.

Apesar de ter somado o quarto encontro consecutivo sem vencer, fase que começou com a derrota caseira frente ao FC Porto, o treinador português recusou falar em crise, mas admitiu que a equipa está a atravessar “um momento em que não consegue ter boas exibições e não tem muita eficácia”.

“Sofremos dois golos nos últimos minutos na liga francesa [contra Montpellier e Lyon] e hoje o segundo golo é em fora de jogo. Mas isto é o futebol. Temos de gerir os momentos mais difícil, assim como gerimos os momentos em que tudo está bem”, afirmou.

NFO // NFO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon