Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Liga de clubes pede bom senso no dérbi e lamenta morte de adepto de futebol

Logótipo de LusaLusa 22/04/2017 João Pedro Simões
JOAO ABREU MIRANDA/LUSA © LUSA / JOAO ABREU MIRANDA JOAO ABREU MIRANDA/LUSA

Porto, 22 abr (Lusa) – A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) expressou hoje o seu “profundo pesar pelo falecimento de um adepto de futebol”, apelando ao bom senso no dérbi entre Sporting e Benfica, da 30.ª jornada da I Liga.

“Esperamos os esclarecimentos necessários das autoridades e apelamos à ponderação e ao bom senso de todos os agentes desportivos”, afirmou o presidente da LPFP, Pedro Proença, em comunicado.

Um homem de 41 anos, de nacionalidade italiana, morreu esta noite na sequência de um atropelamento e fuga junto ao Estádio da Luz, em Lisboa, segundo a Polícia de Segurança Pública (PSP), que foi chamada ao local depois de alertada para a existência de confrontos.

“A LPFP expressa o seu mais profundo pesar pelo falecimento de um adepto de futebol, ocorrido durante a passada madrugada, em circunstâncias que estão a ser investigadas judicialmente. Independentemente dos resultados dessa investigação, a LPFP manifesta o seu repúdio por quaisquer ações de violência física ou verbal que possam afetar o espetáculo desportivo, em especial o dérbi desta noite, a disputar em Lisboa, entre o Sporting e o Benfica”, frisou o organismo.

Sporting, terceiro classificado com 63 pontos, e Benfica, líder com mais oito, defrontam-se hoje, a partir das 20:30, em jogo da 30.ª jornada da I Liga, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, num dérbi que vai ser arbitrado por Artur Soares Dias, da associação do Porto.

“Este é um momento que exige serenidade e ‘fair-play’. Trata-se de um dos momentos altos da época desportiva e a LPFP confia, sem reservas, no envolvimento das sociedades desportivas em causa, nas autoridades que investigam e garantem a segurança do evento, assim como em todo o nosso staff organizativo, para que o futebol não seja afetado por este lamentável e repudiável incidente”, prosseguiu Pedro Proença, no mesmo comunicado.

Aludindo ao embate desta noite, o presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, apelou, no Facebook, ao civismo dos adeptos ‘leoninos’: "É necessário que os nossos adeptos tenham um comportamento digno da grandeza do Sporting, que não entoem cânticos que ofendam a memória de ninguém e que mostremos a elevação e grandiosidade do nosso clube, sem nos rebaixarmos a quem não sabe estar no futebol.

Antes, já Sporting e Benfica tinham lamentado esta morte, tendo os 'encarnados' também apelado ao bom comportamento dos seus adeptos.

"O Benfica reitera o seu forte apelo ao necessário respeito e moderação entre todos os adeptos do futebol, pedindo que esta noite todos saibamos dar uma resposta que preserve os valores da sã convivência e rivalidade em nome de duas instituições que tanto têm honrado o país e o futebol português", acrescenta o emblema das 'águias', na nota assinada pela direção do clube.

A ocorrência foi já entregue à Polícia Judiciária, que investiga a possibilidade de se ter tratado de um homicídio.

O atropelamento mortal ocorreu ao início da madrugada, na Avenida Machado Santos, junto à rotunda sul do Estádio da Luz, tendo a PSP sido chamada ao local pelas 02:40 depois de alertada para a existência de confrontos.

A oficial de serviço do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP disse que as autoridades estão a investigar o atropelamento e fuga sem prestação de socorro, não tendo ainda dados sobre o veículo.

A polícia encontrou no local apenas o corpo da vítima e diz ter “dados contraditórios sobre as preferências clubísticas” do homem italiano encontrado morto.

Segundo o Correio da Manhã, que noticiou a morte, o homem teria ligações ao clube italiano Fiorentina e seria também adepto do Sporting, acrescentando que teria estado envolvido em confrontos entre claques rivais, que terão começado com o arremesso de pedras e culminado com o atropelamento e fuga.

JP (IMA) // VM

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon