Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Liga decreta minuto de silêncio em memória de ex-árbitro José Pratas

Logótipo de LusaLusa 01/10/2017 Nuno Ortega

Porto, 01 out (Lusa) - A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) decretou um minuto de silêncio em memória de José Prtas, antigo árbitro internacional, que morreu hoje em Évora.

NUNO VEIGA/LUSA © LUSA / NUNO VEIGA NUNO VEIGA/LUSA

A Liga de clubes diz que vai ser guardado um minuto de silêncio nos jogos de 01 a 11 de outubro para prestar “uma sentida homenagem a José Pratas, que dignificou, durante vários anos, o futebol e a arbitragem”.

A Associação de Futebol de Évora vai também decretar um minuto de silêncio nos encontros da próxima jornada das provas por si organizadas, de 05 a 08 de outubro.

O ex-árbitro internacional José Pratas, de Évora, morreu hoje, aos 59 anos, no Hospital do Espírito Santo, na cidade alentejana, vítima de doença prolongada, revelou o presidente do Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol do distrito.

“Esta madrugada, perdeu-se uma figura incontornável, ex-árbitro internacional e um ser humano excecional”, lamentou à agência Lusa José Maria Santana, presidente do Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol de Évora.

José Pratas foi árbitro internacional entre 1993 e 2002, tendo-se retirado da arbitragem em 2003.

Esteve na 1.ª categoria nacional entre 1988/89 a 2002/03, arbitrando cerca de 200 jogos na I Liga, além de ter arbitrado também a final da Taça de 1993/94.

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional publicou hoje, na sua página da Internet, uma nota de pesar pelo falecimento de José Pratas.

"Hoje perdemos um dos árbitros que mais engrandeceu a classe. José Pratas representava uma geração de árbitros que teve grande relevância no desenvolvimento do futebol profissional. Sentimos todos a sua perda", disse Pedro Proença, Presidente da Liga Portugal, ao ‘site’ oficial do organismo.

A Liga Portugal expressou ainda “as mais sentidas condolências, neste momento de pesar, à família enlutada e a todos aqueles que sentem esta perda”.

NFO (RRL) // NFO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon