Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Liga dos Bombeiros diz que há 20 municípios sem postos de emergência médica

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/07/2017 Administrator

O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses disse hoje à Lusa que há ainda 20 municípios no país que não têm postos de emergência médica e outros 40 cujas ambulâncias têm dez ou mais anos.

"Há 20 municípios que ainda não têm [postos de emergência médica] e há 40 postos em que as ambulâncias tem 10, 14 e mais anos", afirmou Jaime Marta Soares à agência Lusa.

O presidente da Liga explicou que "há um acordo entre a Liga e o INEM: um município, um posto [emergência médica]" e, com 20 municípios sem postos de emergência médica, considera que o acordo não está a ser cumprido.

O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses falava em Pedrógão Grande, onde esteve hoje numa reunião que juntou o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e as corporações de bombeiros daquele concelho e ainda de Figueiró dos Vinhos, Góis e Castanheira de Pera.

O objetivo do encontro foi definir prioridades para um novo modelo de funcionamento de postos de emergência médica, modelo esse experimental e que vai decorrer naquelas quatro corporações de bombeiros do distrito de Leiria.

Segundo disse, este novo modelo vai permitir uma maior celeridade de processos, em que o INEM, em vez de colocar a ambulância como sua propriedade, vai financiá-la.

"Se um concurso por parte do INEM demorava dois anos, uma associação pode fazer em dois meses. Já aí ganhamos imenso tempo", defendeu.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon