Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Liga Europeia: críticas do Barcelona enfurecem Benfica

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/05/2017 Hugo Monteiro

Águias arrancam sábado a final-four diante do Reus, mas foram os blaugrana a marcar o ritmo de uma conferência de Imprensa onde ficou claro que o campeão europeu só pensa na revalidação do título.

Na véspera da partida para Lleida (Espanha), onde vai tentar conduzir o Benfica a um inédito bicampeonato europeu, Pedro Nunes foi especialmente ácido na resposta às críticas à arbitragem da final-four da época passada, realizada no Pavilhão da Luz, pelo técnico do Barcelona Ricard Muñoz, que se queixou de alegados "fatores externos" que o impediram de derrotar os encarnados, na meia-final de 2015/2016. "Não só acho que ele está a condicionar a arbitragem, como tenho a certeza. Está muito na moda o "se nos deixarem". O Benfica não vai para a Catalunha com a perspetiva "se nos deixam". Primeiro queremos ganhar a meia-final com o Reus e só depois é que pensamos no resto, mas vamos a Espanha com o objetivo claro de sermos campeões europeus", atirou o técnico das águias que, amanhã, enfrentam o Reus na segunda meia-final da Liga Europeia. A primeira é entre o Barcelona e a Oliveirense.

© Carlos Manuel Martins/Global Imagens

Prosseguindo no comentário às mesmas declarações, Pedro Nunes acusou os blaugrana de "falta de desportivismo" e de terem "receio" do resultado desta final-four. "Estar, um ano depois, a retirar mérito ou valor a quem foi campeão europeu é revelador, não só de falta de desportivismo, mas de receio desta final-four. Quem está pressionado é quem a organizou e que, provavelmente, não teve a coragem de o fazer no próprio espaço. Porém, não deixou de arranjar um espaço simpático perto da sua cidade e, não sendo a casa do hóquei, é a casa do basquetebol do Barcelona", disparou.

Garantindo ter toda uma estratégia delineada para bater amanhã o Reus, que incluiu um treino intensivo de grandes penalidades, o treinador do atual campeão europeu não vê nenhuma equipa com especial grau de favoritismo nesta final-four. "Qualquer uma pode ganhar. O Benfica é campeão europeu, o Barcelona e o Reus jogam a cem quilómetros de casa e a Oliveirense é um outsider, que não sendo apontada como uma das favoritas pode beneficiar do fator surpresa", analisou Pedro Nunes que, confrontado com a possibilidade de uma final cem por cento portuguesa, foi lacónico: "Já sabia que me iam perguntar isso. Bonito, bonito é o Benfica ser campeão europeu."

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon