Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Lionel Messi reage ao castigo imposto pela FIFA

Logótipo de O Jogo O Jogo 29/03/2017 Alcides Freire

Astro argentino negou ter insultado o árbitro assistente do jogo entre Argentina e Chile.

© REUTERS/Marcos Brindicci

Lionel Messi reagiu ao castigo de quatro jogos imposto pela FIFA, na sequência dos insultos dirigidos ao árbitro assistente do Argentina-Chile da passada quinta-feira. De acordo com o diário La Nación, a Federação (AFA) das pampas enviou uma nota de defesa ao organismo que rege o futebol mundial na madrugada de terça-feira (em Portugal), onde consta a reação de Messi.

"O que disse não foi dirigido ao árbitro assistente. Foi dito para o ar", terá alegado Messi. No primeiro jogo sem o jogador de 29 anos, a Argentina saiu derrotada do duelo com a Bolívia, por 2-0. Do processo constam ainda declarações do árbitro assistente, Emerson Carvalho, que indica ter-se apercebido dos protestos de Messi, mas sem perceber o que tinha dito. "Mais tarde, através da comunicação social, percebi que se tratava de um insulto", afirmou.

A AFA anunciou que vai recorrer do castigo e que tentará reduzir a suspensão de Messi.

O melhor do MSN em qualquer dispositivo


AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon