Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Lopetegui: "Ángel Villar sempre nos tratou muito bem"

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/07/2017 Hugo M. Monteiro

Lopetegui considera que a seleção espanhola necessita de tranquilidade antes do jogo com Itália, a 2 de setembro, a contar para o apuramento para o Mundial'2018.

O selecionador espanhol, Julen Lopetegui, deseja que as investigações sobre suspeitas de corrupção na Federação Espanhola de Futebol (RFEF) terminem "rápido e bem" e antes do próximo jogo de apuramento para o Mundial'2018.

"Desejo que tudo termine bem, que tudo fique claro o mais cedo possível e que se possa voltar a poder falar só sobre futebol, porque no dia 2 de setembro temos um jogo muito importante para o campeonato do Mundo", afirmou Julen Lopetegui, à margem do sorteio da Liga espanhola, em Madrid.

O presidente da RFEF, Ángel María Villar, o seu filho, Gorka Villar, e o vice-presidente da RFEF, que também é presidente da Federação de Tenerife, Juan Padrón, estão em prisão preventiva no âmbito da operação "Soule", que investiga a existência de alegada corrupção no organismo e de desvios no total de 45 milhões de euros.

"O presidente sempre nos tratou muito bem. Tanto os jogadores com o corpo técnico estão muito agradecidos ao presidente no aspeto desportivo", disse o antigo treinador do FC Porto.

© REUTERS/Susana Vera

Ángel María Villar foi reeleito no cargo de presidente da RFEF em maio passado para mais um período de quatro anos, estando há 29 anos no lugar.

A Espanha recebe a Itália em 2 de setembro, em Madrid, num jogo que pode ser decisivo no apuramento direto para o Campeonato do Mundo. As duas seleções estão no topo do grupo G, com 16 pontos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon