Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Luís Castro quer dar continuidade aos bons resultados frente ao Moreirense

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/03/2017 Hugo M. Monteiro

Treinador do Rio Ave já pode contar com Gonçalo Paciência para a receção ao Moreirense

© ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Luís Castro espera que a sua equipa possa dar sequência à última vitória amealhada, na partida de domingo, frente ao Moreirense, da jornada 25 da I Liga.

Os vila-condenses venceram na ronda anterior o Estoril, por 2-0, invertendo uma série de quatro jogos consecutivos sem vencer, algo que Luís Castro reconheceu "ter motivado o grupo".

"Gostaríamos muito de voltar a ganhar. Estamos numa fase importante do campeonato, pois faltam dez jornadas para o fim, e tudo o que aconteça nesta fase tem um significado maior", analisou o treinador do Rio Ave.

Sobre o adversário desta jornada, Luís Castro considerou que os 20 pontos amealhados pelo Moreirense na tabela classificativa "são enganadores", perspetivando, por isso, um jogo equilibrado.

"Defrontar o vencedor da Taça da Liga já diz bem a dificuldade que vamos encontrar pela frente, até porque se olharmos aos pontos que têm na tabela podemos ser enganados, e não gostaríamos que tal acontecesse", alertou o técnico dos vila-condenses.

Assim, Luís Castro perspetiva "um jogo tão difícil para o Moreirense como para Rio Ave", garantindo que a equipa está preparada para qualquer estratégia que o adversário possa utilizar.

"Mesmo que a estratégia do Moreirense seja encostar-se um pouco mais atrás, eles têm jogadores com qualidade suficiente para poder decidir, em momentos de transição, um jogo. Estamos preparados para isso", reiterou.

O treinador do Rio Ave comentou, ainda, o regresso do avançado Gonçalo Paciência ao lote de disponíveis, depois de uma ausência de uma semana para recuperar de problemas musculares, dotando a equipa mais opções para a posição de ponta-de-lança.

"Nenhum treinador do mundo se queixará de ter bons jogadores disponíveis. E sempre bom ter mais opções, espero é que se traduza em golos para a equipa independentemente de quem jogar", vincou Luís Castro.

O Rio Ave, nono classificado com 32 pontos, recebe este domingo o Moreirense, 16.º com 20, numa partida agendada para as 18h00, que terá arbitragem de Luís Godinho, da Associação de Futebol de Évora.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon