Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Luciano Gonçalves: "Futuro da arbitragem em Portugal está assegurado"

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/04/2017 Cristina Aguiar

Luciano Gonçalves, presidente da APAF, dá voz um projeto com cariz social que abre oportunidades aos jovens que queiram ser árbitros

A associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) pretende recrutar jovens para a formação na atividade, mas realça que a arbitragem em Portugal está bem servida para os próximos anos.

© Fornecido por O jogo

"O futuro da arbitragem em Portugal está assegurado. Nós podemos sempre melhorá-lo muito, da mesma forma que perguntamos se o futuro das nossas seleções está assegurado e nós dizemos que sim", afirmou o presidente da APAF, Luciano Gonçalves.

No dia que marcou o arranque do projeto de cariz social 'Arbitragem no bairro', na aldeia de Santa Isabel, em Sintra, o líder da arbitragem em Portugal explicou que a iniciativa tem também outros objetivos, como a "transmissão valores" e a oferta de "oportunidades profissionais".

"Este projeto é muito mais do que recrutar árbitros para as associações e para o futebol português. Podemos dar aos jovens oportunidades profissionais, porque a arbitragem acaba por ser uma oportunidade profissional. Temos que vir cá buscá-los e transmitir ainda valores como o 'fair play' e o respeito. Faremos uma troca de ideias interessante", disse.

Contudo, Luciano Gonçalves reconhece que o clima de crispação no futebol e a polémica em torno dos árbitros vivida na presente temporada em Portugal não abona em favor da iniciativa, porém mostrou-se confiante no sucesso.

"Todo este clima, tudo isto impede que os jovens olhem para a arbitragem de outra forma e todos aqueles que já tinham este 'input' acabam por desistir. Não podemos ficar ou darmo-nos por satisfeitos com os que temos e com esta imagem errada que passa da arbitragem. Aqui, temos uma forma excelente de contribuir para a visão do desporto de outra forma", argumentou.

Por fim, o presidente da APAF frisou que a arbitragem "não é só aquilo que se consome na televisão" e que a iniciativa será sempre positiva "se for colocada na sociedade e no mundo desportivo um jovem recrutado".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon