Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Lusofonia em destaque hoje no palco de Porto Covo do Festival Músicas do Mundo

Logótipo de O Jogo O Jogo 22/07/2017 Administrator

A língua portuguesa vai estar hoje em destaque em Porto Covo, no Festival Músicas do Mundo, com concertos do angolano Waldemar Bastos, dos brasileiros Gustavito & A Bicicleta e ainda de Costa Neto e João Afonso (Moçambique).

Três dos quatro concertos que hoje vão acontecer no Largo Marquês de Pombal, em Porto Covo, no distrito de Setúbal, são cantados em português.

Waldemar Bastos (Angola) vai estar hoje, às 22:30, no Festival Músicas do Mundo (FMM) de Sines, depois de terem passado nove anos desde a sua primeira participação no evento, aproveitando para regressar na mesma altura em que celebra 35 anos de carreira, e em que se prepara para lançar um novo disco inspirado nos anos dedicados à música.

O músico angolano sobe ao palco do Largo Marquês de Pombal, em Porto Covo, depois dos Gustavito & A Bicicleta, um projeto que chega ao Alentejo vindo do Brasil e que propõe ritmos afrobrasileiros com um toque de "imaginário indiano" e que tem concerto agendado para as 20:45.

A abertura do segundo dia de concertos do FMM é feita, às 19:00, com um encontro em palco das vozes e guitarras de Costa Neto e de João Afonso, ambos nascidos em Moçambique, mas a viver em Portugal há largos anos.

Em noite de domínio do palco pela lusofonia, destaca-se o grupo chinês Mabang, que vai encerrar a noite de espetáculos.

Vindo de Guangxi, uma região do Sudoeste da China, chega hoje à aldeia turística de Porto Covo o grupo Mabang, que usa um misto de instrumentos ocidentais e tradicionais, para criar melodias com influências de folk, rock, reggae e ska.

Até domingo, é o palco montado na Praça Marquês de Pombal, em Porto Covo, que acolhe o cartaz do FMM, mas a partir de segunda-feira, o festival muda-se para Sines, com mais 44 concertos, uns gratuitos, outros pagos, distribuídos pelo Pátio das Artes, Largo Poeta Bocage, Centro de Artes de Sines, Avenida Vasco da Gama e Castelo.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon