Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Luta contra a pobreza no encontro dos presidentes dos parlamentos de Cabo Verde e Luxemburgo

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/10/2017 Administrator

O compromisso na luta contra a pobreza dos dois países, as relações de cooperação e a comunidade cabo-verdiana foram os assuntos do encontro hoje, na cidade da Praia, entre os presidentes dos parlamentos de Cabo Verde e Luxemburgo.

O presidente da câmara dos deputados do Luxemburgo, Mars Di Bartolomeo, e o presidente da Assembleia Nacional de Cabo Verde, Jorge Santos, estiveram reunidos, hoje de manhã, na cidade da Praia, no primeiro dia de visita de uma delegação parlamentar luxemburguesa a Cabo Verde.

À saída, em declarações aos jornalistas, Mars Di Bartolomeo sublinhou o compromisso dos dois países na luta contra a pobreza e as desigualdades.

"A luta contra a pobreza e as desigualdades deve ser uma prioridade absoluta. Por isso, a cooperação entre os nossos dois países anda à volta deste tema central", disse Mars Di Bartolomeo.

"O Luxemburgo, tal como Cabo Verde, está muito comprometido na luta contra a pobreza e as desigualdades. As desigualdades no interior dos países e entre países são um veneno para a coesão na comunidade internacional. Por isso temos a obrigação de nos batermos pela igualdade", acrescentou.

O presidente do parlamento do luxemburguês evocou as boas relações entre os dois países e os dois parlamentos, sublinhando a "boa integração" da comunidade cabo-verdiana no Luxemburgo.

Saudou também a recente eleição de uma descendente de cabo-verdianos nas eleições locais naquele país.

Mars Di Bartolomeo disse esperar que a visita, que inclui também deslocações às ilhas de São Vicente, Santo Antão e Sal, possa proporcionar "boas discussões entre amigos" e permita conhecer melhor o país de "dezenas de milhares de membros da comunidade luxemburguesa que são cabo-verdianos e luxemburgueses".

"Temos uma grande comunidade cabo-verdiana no Luxemburgo que é membro de parte inteira da comunidade luxemburguesa. Cabo Verde e o Luxemburgo têm laços muito fortes de cooperação", reforçou.

Por seu lado, o presidente do parlamento cabo-verdiano, Jorge Santos, destacou o papel do parlamento luxemburguês "na criação do clima de excelência" nas relações entre Cabo Verde e o Luxemburgo.

"O Luxemburgo é um dos principais parceiros de desenvolvimento de Cabo Verde em todos os domínios", disse Jorge Santos.

Traçando o percurso da cooperação luxemburguesa em Cabo Verde, Jorge Santos disse ter começado há mais de 20 anos com o apoio à infraestruturação do país em domínios como a saúde, educação e eletrificação.

"Hoje a tónica é na formação dos quadros cabo-verdianos e no reforço da capacidade das instituições em lidar com o processo de desenvolvimento", disse.

Apontou igualmente o número de turistas luxemburgueses que hoje visitam Cabo Verde, bem como a presença de algumas empresas importantes do Luxemburgo que já têm presença no país.

"O Luxemburgo é um parceiro exemplar. É um país que tem tido uma amizade importante com Cabo Verde. Acolhe uma comunidade cabo-verdiana importante, muito bem integrada e chegamos ao ponto de ter a primeira cabo-verdiana presidente de câmara eleita", disse.

O programa da visita, que tem como propósito fortalecer relações de amizade e de cooperação entre os dois países e a diplomacia parlamentar, terá o seu ponto alto na quarta-feira, quando Mars Di Bartolomeo discursará no parlamento cabo-verdiano.

Acompanhado do homólogo cabo-verdiano, o presidente da Câmara de Deputados do Luxemburgo deslocar-se-á também às ilhas de São Vicente, Santo Antão e Sal onde manterá contactos com as autoridades locais e visitará projetos financiados pela cooperação luxemburguesa.

O Luxemburgo é um dos principais parceiros de desenvolvimento de Cabo Verde, acolhendo também uma importante comunidade de imigrantes cabo-verdianos.

Nos últimos anos, têm sido várias as personalidades luxemburguesas a visitar Cabo Verde, incluindo o Grão-duque Henri Albert Guillaume e os primeiros-ministros Jean Claude Juncker e Xavier Bettel.

A mais recente visita foi em junho, quando o ministro da Cooperação e Ação Humanitária, Romain Schneider, esteve na cidade da Praia para participar na 17.ª reunião da Comissão Paritária entre os dois países.

Na ocasião, foram rubricados protocolos de reforço dos setores das energias renováveis e da água no âmbito do programa de cooperação luxemburguês que vigora até 2020 com uma dotação de 48 milhões de euros.

Emprego e empregabilidade (32 milhões de euros), água e saneamento (12,3 milhões de euros) e energias renováveis (4,5 milhões de euros) são as principais áreas da cooperação luxemburguesa com Cabo Verde.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon