Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

México destaca mais de 8.000 militares devido à aproximação do furacão "Franklin"

Logótipo de O Jogo O Jogo 10/08/2017 Administrator

Mais de 8.000 militares foram destacados no México face à aproximação do fenómeno meteorológico "Franklin" que atravessou, na terça-feira, a península de Yucatán sem causar danos graves, mas que hoje chega como furacão de categoria 1.

"Prevê-se que atinja a costa de Veracruz como um furacão de categoria 1 às primeiras horas de quinta-feira [hoje], aproximadamente pela 01:00 (07:00 em Lisboa), disse, na quarta-feira, o chefe da Comissão Nacional de Água do México, Roberto Ramírez de la Parra.

A tempestade tropical "Franklin" transformou-se no primeiro furacão da temporada no Atlântico, após ganhar força durante a sua passagem pelo estado mexicano de Yucatán, de acordo com o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

Em conferência de imprensa, Roberto Ramírez de la Parra indicou que face às caraterísticas que apresenta -- "movimento rápido e ampla cobertura nebulosa" --, o "Franklin" deverá provocar chuvas intensas e/ou torrenciais em duas dezenas dos 32 estados do México.

O furacão de categoria 1 na escala de Saffir-Simpson (em que o máximo é 5) tem uma cobertura nebulosa de 600 quilómetros, 20% superior à média, e move-se a 20 km/h, acima da média de 14-15 km/h, sublinhou o mesmo responsável.

O Sistema Nacional de Proteção Civil do México colocou sob alerta vermelho (perigo máximo) todo o estado de Veracruz.

O chefe da Proteção Civil, Luis Felipe Puente, informou que para os estados de Veracruz, Puebla, Tlaxcala, San Luis Potosí e Hidalgo foram mobilizados aproximadamente 4.550 efetivos da Defesa, a somar a 1.200 que se encontram em alerta, bem como seis aeronaves e dois helicópteros.

Além disso, foram também destacados 3.600 membros da Marinha para os estados costeiros do Golfo do México e Cidade do México, a par de 270 viaturas, três aviões, quatro helicópteros, dois navios e 32 outras embarcações.

Luis Felipe Puente deu ainda conta da existência de mais de 3.000 abrigos, com capacidade para acolher mais de 50 mil pessoas.

Pelas 22:00 (hora em Lisboa), o furacão situava-se a 170 quilómetros a nordeste do porto de Veracruz, no leste do México, movendo-se a uma velocidade de 19 km/h com ventos de até 120 km/h.

Após atingir a costa, o "Franklin" deve perder força e dissipar-se durante a noite de quinta-feira para sexta-feira.

Uma tempestade tropical torna-se num furacão quando os seus ventos sustentados chegam a 119 km/h na escala de intensidade Saffir-Simpson.

A primeira tempestade tropical de 2017 foi Arlene, que se formou em abril, mais de um mês antes do início da temporada.

A Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera dos Estados Unidos prevê uma temporada de furações no Atlântico "acima do normal", com a formação de 11 a 17 tempestades tropicais.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon