Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

México/Sismo: Reconstrução "não será da noite para o dia" -- ministra

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/09/2017 Administrator

A reconstrução de milhares de casas danificadas pelo forte sismo que atingiu o México na noite de quinta-feira vai ser demorada, admitiu, no domingo, a ministra Rosario Robles, durante uma visita ao município de Juchitán de Zaragoza.

"A reconstrução não será da noite para o dia. Temos de ser muito claros, porque são muitos municípios e muitas casas. Vai demorar, mas vamos começar imediatamente", afirmou a titular da pasta do Desenvolvimento Agrário, Territorial e Urbano (Sedatu).

Diante de centenas de pessoas que aguardavam pela sua vez para receber comida e tendas de campanha, e acompanhada pelo governador de Oaxaca, Alejandro Murat, a ministra garantiu aos afetados pela tragédia que não se encontram sozinhos.

Robles indicou que na próxima semana iniciar-se-á o processo de registo das habitações que sofreram danos na sequência do terramoto de 8,2 na escala de Richter que fez 90 mortos, dos quais 71 naquele estado do sul do país, segundo o mais recente balanço oficial.

Trata-se de um trabalho "de enorme dimensão", dado que envolve "41 municípios [em Oaxaca] e milhares de casas", realçou.

O governador de Oaxaca enfatizou, por seu turno, que o estado que lidera é hoje "uma família que enfrenta a maior tragédia" vivida no país por causa do sismo, com o registo de 800 mil afetados.

Este tremor de terra, o mais forte do último século no país e que atingiu em particular o sul do México, fez ainda centenas de feridos.

O Presidente do México, Enrique Peña Nieto, declarou três dias de luto nacional pelas vítimas do sismo.

Segundo cálculos preliminares, cerca de 50 milhões de pessoas foram expostas ao sismo no México, cujo epicentro foi registado no sudeste do estado de Chiapas (sul). Na vizinha Guatemala, o abalo afetou mais de 4.700 pessoas e causou quatro feridos, além de danos em cerca de 200 habitações. Afetou também infraestruturas, como dezenas de escolas e uma ponte.

Em setembro de 1985, um sismo de magnitude 8,1 devastou grande parte da capital do México e fez mais de dez mil mortes.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon