Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Mónaco já falou com Jorge Jesus

Sportinveste 10/05/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia

Jorge Jesus, o treinador do Benfica, está a ser assediado pelo Mónaco e foi contactado esta sexta-feira em Lisboa por Luís Campos (o antigo treinador que trabalhou com José Mourinho no Real Madrid), agora conselheiro desportivo do clube monegasco e que está incumbido de encontrar o sucessor de Claudio Ranieri. A notícia é avançado na edição deste sábado do diário francês L'Équipe que chega a apontar o atual treinador do Benfica como provável substituto do italiano já a partir da próxima época. E avança que a Jesus terá sido proposto pelo novo homem-forte do futebol do Mónaco um contrato de dois anos com opção por mais um.

"Pela primeira vez na sua carreira, Jesus, que fala um pouco de francês, vai deixar o seu país. E está consciente do que o espera no Principado: a pressão dos resultados e também a sucessão de Ranieri, cujo sucesso, personalidade e cota de simpatia em França ajudaram a imagem do Mónaco. Jesus não tem nem a fleuma nem a história de Ranieri, mas chega com a sua competência e provavelmente com três adjuntos, dos quais um preparador físico", escreve o L'Équipe.

O nome de Leonardo Jardim também esteve em cima da mesa, mas o de Jorge Jesus, como resultado do trabalho que tem vindo a desenvolver no Benfica, é mais do agrado de dirigentes do emblema monegasco, como o vice-presidente Vadim Vasilyev, que vê nele o treinador ideal para, ao contrário do sucedido este ano, explorar melhor o potencial de alguns jogadores do plantel como Radamel Falcao, James Rodriguez ou João Moutinho.

Caso as negociações cheguem a bom termo -- recorde-se que o treinador do Benfica tem contrato por mais uma época! --, o Mónaco pretende oficializar a chegada de Jorge Jesus no dia seguinte â final da Liga Europa.

Ao seu futuro treinador, o Mónaco fixou como objetivos a qualificação para a Liga dos Campeões 2015/2016 e a vitória numa competição nacional.

Fonte: O Jogo

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon