Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Mónaco nem pensa em perder Leonardo Jardim

Logótipo de O Jogo O Jogo 18/03/2017 Alcides Freire

O vice-presidente Vadim Vasilyev lança um aviso aos potenciais interessados na aquisição do treinador português: tem contrato até 2019

© Fornecido por O jogo

O Mónaco não está disposto a perder Leonardo Jardim, numa altura em que o seu nome tem sido associado a clubes como Arsenal ou Juventus, entre outros. Quem o garante é Vadim Vasilyev, vice-presidente dos monegascos.

"Leonardo Jardim está sob contrato [até 2019], sente-se feliz por estar aqui e não há nenhuma razão para sair. A cooperação é muito boa e nós também somos um grande clube", afirmou Vasilyev, numa entrevista ao jornal "L"Équipe".

"Estou orgulhoso com o progresso dele, porque fui eu que o trouxe. Tivemos de lhe dar algum tempo de início, atualmente ninguém duvida do seu valor", realçou o dirigente, reforçando ser "uma honra" contar com o técnico luso.

"Ele eliminou três equipas do maior campeonato do mundo", insistiu Vasilyev, numa alusão aos triunfos do Mónaco na UEFA sobre Arsenal, Tottenham e Manchester City.

O assunto também foi abordado pelo próprio Leonardo Jardim. "Sinto-me muito bem aqui. Estou concentrado unicamente no que falta da época, não no futuro. Progrido diariamente e dentro de 20 anos ainda terei ambição de evoluir", afirmou o técnico na antevisão do jogo de amanhã com o Caen, recordando que os adversários na corrida ao título estão em vantagem por não estarem em quatro frentes como o Mónaco, que tem hipóteses de vencer Ligue 1, Taças francesas e Champions. "Podem jogar o campeonato a 200 por cento."

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon