Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Macau/Tufão: Restabelecido abastecimento de água em grande parte do território

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/08/2017 Administrator

Grande parte de Macau recuperou hoje o abastecimento de água, depois de a passagem do tufão Hato, na quarta-feira, ter cortado o acesso a pelo menos metade da população, informou a Proteção Civil.

A água voltou a sair das torneiras em "grande parte da cidade", "à exceção de alguns locais e edifícios altos devido à falta de pressão ou falha da bomba de água", indicou o Centro de Operações de Proteção Civil (COPC), em comunicado, ao início da tarde, citando informações da Direção dos Serviços de Assuntos Marítimos e de Água (DSAMA, antiga Capitania).

"A fim de garantir o abastecimento aos residentes e reduzir a necessidade de [a] retirar das bocas de incêndio", o Governo da província chinesa de Guangdong, adjacente a Macau, disponibilizou "viaturas de abastecimento temporário de água", a destacar para "as várias zonas afetadas e assim prestar apoio à população", informou o COPC.

A DSAMA renovou o apelo relativo à poupança de água, instando a população a "evitar o uso desnecessário ou a recolha [de água] nas bocas de incêndio".

Na noite de quarta-feira, dia em que o tufão Hato atingiu Macau, metade da população, cerca de 650 mil habitantes, estava sem água.

Desde então eram visíveis, um pouco por toda a cidade, filas de pessoas a encherem baldes, bidões e garrafas de água junto das bocas de incêndio, uma das poucas formas de suprirem necessidades urgentes, atendendo a que a água engarrafada se tornou num produto difícil de encontrar nas prateleiras, na sequência de uma corrida aos supermercados.

O corte no fornecimento deveu-se à inundação da Estação de Tratamento de Água da Ilha Verde, que abastece mais de metade da península, também afetada pelo corte de energia elétrica que, entretanto, foi hoje reposto quase na totalidade.

Segundo o Gabinete para o Desenvolvimento do Sector Energético (GDSE), "os postos de transformação que ficaram danificados durante a passagem do tufão Hato já foram todos reparados e a rede elétrica já se encontra a funcionar normalmente".

"Atualmente, ainda há quadros de colunas e circuitos de um número reduzido de edifícios que precisam de ser reparados", informou o GDSE, sem especificar o número.

Para quem ainda não tem energia, a Companhia de Eletricidade de Macau (CEM) deixou um conjunto de "passos" a seguir para que as avarias possam ser reparadas.

A passagem do tufão Hato por Macau fez dez mortos e mais de 240 feridos e causou avultados prejuízos ainda por avaliar.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon