Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Madeira Rodrigues: "Conseguimos torrar o dinheiro que ganhámos com João Mário e Slimani"

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/03/2017 Ireneu Ribeiro
© MÁRIO CRUZ

Candidato é crítico das contas apresentadas e refere que podem enganar alguns sportinguistas

O Sporting divulgou, no último dia de fevereiro, o Relatório e Contas referente ao segundo trimestre de 2016/17, com um lucro de 46.5 milhões de euros. Pedro Madeira Rodrigues prefere olhar para os números de outra forma. "Está a ser vendido como algo positivo, mas o que se está a passar é que num ano vamos conseguir torrar o dinheiro que ganhámos com João Mário e Slimani. Assistimos a um aumento brutal na massa salarial, mas ficámos aquém nas receitas de bilheteira. As despesas já estão outra vez acima das receitas."

Sobre a questão da Doyen, Madeira Rodrigues aproveitou para fazer críticas fortes ao atual presidente. "É a primeira vez que temos um presidente orgulhoso de ter dinheiro retido na UEFA, o que é das maiores vergonhas que podemos ter." O candidato da Lista A acrescentou ainda que "Bruno de Carvalho endeusou-se, fez nestes quatro anos a apologia do 'eu'. É uma fraca personalidade, insulta-me, mas no debate, olhos nos olhos, não conseguiu responder-me."

Sobre Juande Ramos, em declarações aos jornalistas, Madeira Rodrigues voltou a destacar o potencial internacional do espanhol. "Tem experiência internacional que Jorge Jesus não tem. Para ele, apostar na formação é sempre um passo em frente. Nunca foi campeão. Já ganhou finais, mas nunca foi campeão e está convicto que vai sê-lo com o Sporting."

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon