Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Madeira Rodrigues critica duramente "aliança entre os dois perdedores"

Logótipo de O Jogo O Jogo 23/05/2017 Hugo M. Monteiro

O antigo candidato à presidência do Sporting teceu críticas duríssimas à gestão de Bruno de Carvalho.

Pedro Madeira Rodrigues voltou à carga sobre Bruno de Carvalho. Em entrevista à Renascença, o antigo candidato à presidência do Sporting criticou duramente a gestão do presidente leonino, condenando a antecipação da gala do clube de Alvalade para 30 de junho.

"É uma estupidez, mas isto tem tudo a ver com Bruno de Carvalho, que eu conheci muito bem durante o período de eleições. Acima de tudo está ele. Se é preciso mudar a data da festa do Sporting, ele muda. Vamos ter de antecipar a gala porque o menino brinca com o Sporting, porque quis casar no dia 1 de julho. Há falta de bom senso. Isto revela bem o tipo de pessoa que gere os destinos do Sporting. Mas pronto, 86 por cento das pessoas votaram nele. É bom que surjam resultados, senão isto vai acabar mal. Ou muda de atitude, ou isto vai acabar muito, muito mal", atirou Madeira Rodrigues, elogiando, por outro lado, a tomada de posição de Vicente Moura, que deixou o Sporting:

© Leonardo Negrão/Global Imagens

"Primeiro houve deslumbramento, aquela conversa ordinária na noite das eleições. Tem de haver bom senso. Não esperava que Vicente Moura saísse, mas mostrou bastante personalidade. Não aceitou as críticas. Esta cultura da mentira faz-me muita confusão".

Relativamente à aliança entre Sporting e FC Porto, o gestor classifica ambos os clubes como "perdedores" e faz mira à "obsessão" de Bruno de Carvalho com o Benfica:

"Fizemos uma coisa que era impensável. Uma aliança com o FC Porto... Uma aliança dos dois perdedores. Dava muito jeito ao FC Porto uma aliança com o Sporting, porque estava em perseguição ao líder, e depois há esta obsessão com o Benfica, que não nos leva a lado nenhum", acrescentou Madeira Rodrigues, que avisa: "Bruno de Carvalho não tem projeto". "O projeto dele é Jorge Jesus. No dia em que Jorge Jesus se colocou ao lado de Bruno de Carvalho, eu entrei em eleições contra Jorge Jesus. Mas este discurso do treinador não motiva adepto nenhum. Jesus trouxe esperança ao Sporting e é disso que precisamos, não de lamentações", concluiu.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon