Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Madeira Rodrigues promete "rivalidade absoluta" a FC Porto e Benfica

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/02/2017 Alcides Freire

Falando sobre a postura do Sporting para com os rivais, o candidato aproveitou para deixar algumas "alfinetadas" a Bruno de Carvalho.

© Mário Cruz/LUSA

Apelando à descentralização do discurso, Pedro Madeira Rodrigues explicou os moldes da postura do Sporting para com FC Porto e Benfica, caso consiga vencer as eleições do dia 4 de março.

""Eles são nossos adversários, e da nossa parte vão ter uma rivalidade absoluta. A comunicação vai ser colocada em nós e não no 'eu'. Uma pessoa tem que saber dar espaço aos outros. Durante quatro anos [Bruno de Carvalho] esteve a fazer uma campanha sua", atirou o candidato à presidência do Sporting, que quer ver o clube de Alvalade à frente dos rivais:

"O Sporting deixou-se apanhar pelos rivais. Os pais dos miúdos queriam pô-los no Sporting. Infelizmente, fomos perdendo o comboio. Nesta altura há uma enorme desorganização", referiu, aludindo aos escalões jovens dos leões. Relativamente ao contrato assinado com a NOS, Madeira Rodrigues salientou a importância de ultrapassar FC Porto e Benfica neste aspeto.

"O Sporting limitou-se a ficar a par dos rivais. O mínimo exigível é que o Sporting tenha contratos semelhantes. O Sporting tem de firmar contratos melhores do que os dos nossos rivais", destacou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon