Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Madeira: Venezuela apresenta "as mais sentidas condolências" a Portugal e aos madeirenses

Logótipo de O Jogo O Jogo 16/08/2017 Administrator

O Presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, expressou hoje "as mais sentidas condolências" e "solidariedade" a Portugal e ao seu povo pelo "lamentável" acidente durante as festividades do Dia de Nossa Senhora do Monte, padroeira da Madeira.

"O Governo Bolivariano estende suas palavras de fraternidade e de apoio ao povo irmão português e aos familiares e amigos das vítimas, rogando pela pronta recuperação dos feridos deste triste acontecimento sucedido no Dia da Padroeira da Madeira", diz um comunicado do Consulado da Venezuela na Região Autónoma da Madeira.

A República Bolivariana de Venezuela reitera a sua solidariedade ao Governo da República Portuguesa e muito especialmente à comunidade lusa radicada naquele país, "maioritariamente de origem madeirense que escolheram a Pátria de Bolívar como seu segundo lugar e por quem nosso povo professa um especial afeto", conclui.

A queda de uma árvore, um carvalho, sobranceiro aos jardins do Largo da Fonte, na freguesia do Monte, atingiu dezenas de pessoas que se concentravam naquele lugar para as festividades da Festa do Monte, em honra da padroeira da ilha, momentos antes da procissão, no âmbito do calendário religioso do Dia da Assunção de Nossa Senhora.

A queda do carvalho centenário provocou 13 mortos e há ainda sete feridos internados no Hospital Dr. Nélio Mendonça.

A festa foi depois cancelada pelos organizadores.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, também se deslocou à Madeira para manifestar o seu apoio.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon