Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Maia-Canelas com forte dispositivo policial e árbitro pronto a apitar

Logótipo de O Jogo O Jogo 09/04/2017 Ana Proença

Um forte contingente policial, bancadas bem compostas e o árbitro Rui Oliveira a apitar marcam o Maia-Canelas deste domingo, uma semana depois de Marco Gonçalves ter partido o nariz ao juiz do encontro com o Rio Tinto, José Rodrigues.

© Fornecido por O jogo

Este domingo não se espera que o jogo seja suspenso ou ocorram problemas no Maia-Canelas, para Campeonato Elite-Pro da Associação de Futebol de Lisboa.

A bola já está a rolar no Estádio José Vieira de Carvalho, na Maia.

A equipa de arbitragem é liderada por Rui Oliveira, 44 anos, 4ª categoria distrital, que tem por assistentes o filho, Nelo Oliveira, e o jovem Fábio Silva

Luciano Gonçalves, líder da APAF, acusou na manhã deste domingo, em declarações ao "Expresso", o árbitro de só querer protagonismo, sem pensar na maioria dos colegas que pediram escusa em sinal de revolta pelo clima de intimidação do Canelas.

O encontro está tipificado de alto risco. António Oliveira e Silva, presidente do Maia, disse ter a garantia de meia centena de agentes da PSD e Polícia de Intervenção

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon