Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Maioria dos ciclistas em Aveiro discorda de percurso de ciclovia proposto pela Câmara

Logótipo de O Jogo O Jogo 04/07/2017 Administrator

Mais de dois terços dos utilizadores de bicicleta de Aveiro discordam do percurso proposto pela autarquia para a ciclovia a construir entre a Estação de comboios e a Universidade, informou hoje a Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta (Ciclaveiro).

Os resultados constam de um inquérito divulgado hoje, dirigido aos atuais e potenciais utilizadores de bicicleta na cidade de Aveiro, com o objetivo de conhecer quais as opções de percursos que estes consideram mais adequadas.

De entre as três hipóteses de percursos apresentadas no inquérito, 67% dos 194 participantes considerou que o percurso pelo Centro de Congressos avançado pela autarquia, é a pior das opções.

Os resultados do inquérito mostram que 89% dos participantes prefere os percursos mais centrais à cidade, por serem os que melhor servirão as deslocações entre a Estação e a Universidade, contribuindo para a promoção da mobilidade em bicicleta em Aveiro.

O percurso pela Avenida Santa Joana é o que reúne a maior parte das preferências (54%), seguido do percurso pela Avenida Doutor Lourenço Peixinho (35%).

A solução avançada pela autarquia acolhe somente 11% das preferências, uma percentagem que baixa para os 6,6%, tendo em conta apenas aqueles que utilizam a bicicleta na cidade de Aveiro mais frequentemente (várias vezes por semana).

Na nota enviada aos jornalistas, o Ciclaveiro lamenta a ausência de auscultação dos utilizadores de bicicleta e de discussão pública de opções nesta intervenção do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano da Cidade de Aveiro (PEDUCA).

"A ausência da auscultação dos interessados aumenta o risco de serem tomadas decisões tecnicamente incorretas e de numa cidade que tem acumulado atrasos nesta área, em lugar de serem criadas as condições desejáveis para a mobilidade em bicicleta em Aveiro, se estarem a desperdiçar recursos públicos em infraestruturas com utilidade limitada", adverte a associação.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon