Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Mais de 1,1 mil milhões de pessoas vivem sem documento de identificação oficial

Logótipo de O Jogo O Jogo 13/10/2017 Administrator

Mais de 1,1 mil milhões de pessoas, sobretudo em África e na Ásia, são incapazes de documentar a sua identidade, o que as impede de aceder a serviços de saúde, proteção social ou educação, segundo o Banco Mundial.

Entre estes "invisíveis" perante a lei, quantificou a instituição em comunicado, por ocasião da sua assembleia-geral em Washington, "mais de um terço são crianças que não foram registadas" quando nasceram.

Esta situação resulta com frequência dos confrontos que ocorrem nestes países e provocam deslocações forçadas de populações.

Através do lançamento de um programa batizado ID4D (Iniciativa Identificação para o Desenvolvimento), o Banco Mundial pretende ajudar os países a recensear e identificar estas pessoas, com base em tecnologia digital.

"Com um sétimo da população do planeta a viver sem qualquer documento de identificação oficial, as famílias estão privadas de acesso aos cuidados de saúde, à educação, mas também aos serviços sociais e financeiros", lamentou Eric Jing, um dos membros do conselho deste programa.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon